EsportesFutebol

Handebol como inclusão social

amistoso entre seleção feminina do Instituto Oficina do Esporte e o time da Católica
Projeto Instituto Oficina do Esporte ganha novo espaço para atender os participantes

Uma parceria entre o Instituto Oficina do Esporte e a Administração Regional de Samambaia deu início a novos tempos para atletas, agentes sociais e comunidade. Desde sábado (21), as atividades esportivas serão praticadas no ginásio de esportes, ao lado do Estádio Regional da cidade.

A abertura faz parte de mais uma ação da administração da cidade em apoiar o esporte na região. O Instituto Oficina do Esporte funciona há três anos no Centro de Atendimento Integral à Criança (Caic) Airton Senna, abrindo novos caminhos aos jovens moradores da região. Com a parceria, Cláudio Henrique Bastos, um dos professores de handebol, acredita que será possível

Em seguida, o mesmo confronto, mas entre os meninos

atender mais pessoas.

“O projeto funciona no Caic Airton Senna e, agora, no ginásio. Assim poderemos ampliar o raio de ação junto aos jovens. Nosso trabalho já tirou muitas crianças em situação de risco e também temos alunos que já auxiliam como estagiários, passando seus ensinamentos a outros”, conta Claudio Henrique.

Sucesso

Victor Gabriel Valeriano Gomes é da categoria Infantil. Ele se destacou nas Olimpíadas Escolares Brasileiras e recebeu bolsa para estudar no Colégio Castro Alves, no Espírito Santo, com ajuda de custo, nutricionista e outros benefícios que o Instituto oficina do Esporte não pode oferecer. “O Colégio Castro Alves foi campeão brasileiro no ano passado. Gabriel está em boas mãos”, conta

Alguns dos envolvidos no projeto: Gláucio Alvarenga, Claudio Henrique, a nutricionista Cássia Lima e os estagiários William Wagner, Caio e Wil

Cláudio.

Além de Victor, Ramon Pereira Oliveira está na Seleção Brasileira de Juniores.

Toda ajuda é muito bem-vinda

Claudio Bastos enaltece o bom rendimento das equipes, mesmo sem ter condições adequadas para manter o projeto. “Em 2011, o time juvenil ficou em quarto lugar no Brasileiro de Clubes, disputado com 16 equipes. Isso é um grande avanço”.

Em agosto, a categoria cadete (15/16 anos) participará do campeonato, em João Pessoa. “Não temos como viajar. Falta patrocínio para garantir nossa participação”, alerta Cláudio.

O projeto conta com o apoio da Administração Regional de Samambaia, Bolos do Flávio, Contato Eletrônica, Sedesporte UCB e Elétrica BrasilSul. Embora seja de grande alcance a ajuda desses apoiadores, não é suficiente para manter o projeto. “Podemos garantir que a empresa está toda regular e, quem quiser ajudar, pode doar materiais esportivos, patrocinar a equipe para que os atletas participem de campeonatos”.

Comemoração

No sábado, um café da manhã para a garotada e jogos amistosos entre os atletas. Estiveram presentes o gerente de Esportes de Samambaia, Josenaldo Silva Lino; Esther Pereira, presidente da Liga BJ de Samambaia, Nilton Cezar Damaceno (representando a diretora do Caic Airton Senna), e João Batista da Costa, chefe de gabinete do administrador da cidade, Risomar Carvalho.

 

[nggallery id=74]
Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close