Share

A bola vai rolar em campos sintéticos de oito regiões administrativas

Investimentos de mais de R$ 4 milhões vão gerar dezenas de empregos. Contratos já foram assinados e a previsão de conclusão das obras é de 60 dias

Fonte: Agência Brasília

O futebol vai ser uma grande diversão em breve nos mais variados pontos do Distrito Federal. A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) assinou nesta quarta-feira (19) o contrato para a construção de  campos sintéticos em oito regiões administrativas.

A expectativa é que os espaços esportivos sejam entregues em até 60 dias. São previstos investimentos superiores a R$ 4 milhões, com a geração de dezenas de empregos. As cidades beneficiadas são: Planaltina, Recanto das Emas, Cruzeiro, Ceilândia, Sobradinho II, Brazlândia, Taguatinga (norte) e Gama.

A secretária da SEL, Giselle Ferreira, celebrou a iniciativa, já que considera que a prática esportiva  importante, principalmente, em um momento pós-pandemia.

“Estamos trabalhando muito administrativamente para que, no momento adequado, as pessoas possam voltar com tudo à prática esportiva. E a nossa missão é justamente esta: disponibilizar esses espaços esportivos com qualidade”.

Luz para os atletas

Os campos de grama sintética serão construídos pela empresa Ultra Solutions, no tamanho de 23m x 43m. Contarão também com cercamento, traves e iluminação.

O orçamento foi dividido entre recursos próprios da SEL e de emenda parlamentar dos deputados distritais Reginaldo Sardinha, Rafael Prudente, Eduardo Pedrosa e Iolando.

A assinatura do contrato aconteceu de maneira remota, mas teve a presença da deputada federal e idealizadora da iniciativa, Celina Leão; de representantes das administrações regionais contempladas e dos deputados distritais Reginaldo Sardinha e Eduardo Pedrosa.