2013Editorial

A força de um povo cheio de razão

katia-editorialEm meio a tantos manifestos, as opiniões dos brasilienses se dividem. Alguns acreditam que não é dessa forma que se faça valer os direitos. Outros, mais exaltados, acham que estão transformando o país em uma baderna. Assim como há os que estão morrendo de medo de haver um golpe militar e que voltemos à ditadura.

Respeitadas todas as opiniões, vale uma simples análise sobre a onda de manifestações que têm ocorrido no Brasil. Primeiro lugar, é bom que se saiba que embora haja muita bagunça, vandalismo e falta de foco, não é possível negar que, há muitos anos, não se via uma mobilização popular de tamanha proporção nas ruas. Pode até não ser da forma que a maioria acredita ser eficiente, mas um fato que não pode passar despercebido é que os brasileiros se cansaram de ficar inertes. Estão indignados e mais que isso: cansados e desesperançosos. Poucos são os que acreditam que coisas boas vêm por aí.

Com relação à parcela dos que acreditam que os manifestantes estão transformando o país em uma bagunça, esses falam porque estão se sentindo prejudicados no seu direito de ir e vir, e têm razão. Porém, cabe ressaltar que não há como incomodar as autoridades se esses protestos forem feitos no meio do nada, onde não tem ninguém. Não seria manifestação e, sim, um retiro espiritual. E vamos combinar que retiro espiritual não surtirá o efeito desejado.

E para os que estão muito receosos de que o país sofra um golpe, até respeito as lembranças do passado, mas, com tamanha mobilização, não há a menor chance de isso acontecer e o povo ficar estático. Sem contar que pensar dessa forma, a meu ver, é meio que um ato covarde. Não podemos nos prender ao passado e nos encolher por medo. Não, isso, não!

Independentemente do que pensa cada brasileiro, acho que o povo já mostrou sua força. Cabe, agora, organizar as ideias, evitar que bandidos se infiltrem em meio aos cidadãos de bem e elencar as prioridades.

Sobre os atos de vandalismo que tomaram conta das últimas manifestações, publiquei no facebook minha visão e faço questão de repeti-la aqui: “Bandidos se infiltram em todos os setores, inclusive, na política. É claro que não perderiam a oportunidade de estar entre o povo, fazendo arruaça, roubando, saqueando e aprontando de tudo. O que não podemos é deixar que esse pequeno grupo apague o brilho da mobilização popular que tomou conta do Brasil”. E viva o povo brasileiro, que tem demonstrado aos políticos nas últimas três semanas que eles precisam agir e rápido. Que venha 2014!

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close