Share

Academia Buriti ministra aula especial de taekwondo para deficientes

Projeto já tem mais de três anos e tem objetivo de dar maior visibilidade ao paradesporto

Fonte: Agência Brasília

A Academia Buriti dá mais um passo, nesta quinta-feira (17/12), em seu projeto de qualidade de vida e cidadania. A convite do Mestre André Oliveira, a professora Kátia Gomes irá ministrar uma aula especial para alunos com deficiência. O intuito é dar visibilidade ao projeto, que começou há três anos com alunos com síndrome de Down e atualmente beneficia pessoas com deficiências físicas, motoras e mentais. A aula começa às 7h e terá transmissão pelo YouTube da Secretaria de Economia.

O trabalho com alunos deficientes foi motivado por problemas físicos enfrentados pela própria Kátia. Atleta, pedagoga e profissional de Educação Física, a professora enfrentou lesões no ombro e no quadril e ouviu que deveria parar de praticar o esporte que amava. Decidiu que os problemas não poderiam limitar sua prática e começou a dar aulas para o sobrinho, que tem síndrome de Down. Logo as aulas ganharam reforço de mais alunos e nasceu o TaekwonDown.

“Percebemos uma melhoria enorme na qualidade de vida, na superação das limitações e, principalmente, na autoestima. Muitos começam as aulas tímidos e logo querem mostrar aos pais a evolução. Com o tempo, começamos a participar de diversos eventos e campeonatos, o que mostra que não há limites para quem tem deficiência”, afirma.

As aulas de Kátia alcançaram um número expressivo de mais de 50 alunos em diversos locais, como Associação DF Down, Polícia Militar do Guará, Academia Dojô e centros esportivos de Taguatinga e Ceilândia. “Vivemos sempre com doações e ajuda da comunidade”, lembra Kátia.

O secretário de Economia, André Clemente, destacou a importância do projeto para as crianças e jovens beneficiados pelas aulas. “É um projeto de inclusão que mostra os benefícios do esporte para a cidadania e qualidade de vida das pessoas com deficiência. Nosso objetivo é apresentar para as pessoas este e outros projetos importantes e mostrar o nosso apoio a iniciativas que mudam a vida da comunidade do Distrito Federal”, afirma.

Inaugurada em 23 de agosto deste ano, a Academia Buriti é um projeto da Secretaria de Economia capitaneado pelo titular da pasta, André Clemente, e pela secretária de Valorização e Qualidade de Vida, Adriana Faria, com o apoio das secretarias da Mulher e de Esporte e Lazer. Além do taekwondo, a iniciativa envolve também outras artes marciais, bem como aulas de defesa pessoal e funcional.

*Com informações da Secretaria de Economia do DF