2012Editorial

Alguns conceitos só atrapalham

Muitas coisas são movidas por conceitos e “pré-conceitos” estabelecidos há muito tempo e que não servem para absolutamente nada de bom. Apenas atrapalham o desenvolvimento de algumas áreas e profissões, como é o caso de pessoas que lidam com o esporte, principalmente os técnicos de escolinhas.

Conversamos com muitos treinadores de inúmeras escolinhas. Sejam elas fraquias ou não, o que se observa é que muitos têm vergonha de dizer que vivem do futebol. Há relatos de professores que se sentem constrangidos, até pelos pais de atletas, de se mostrarem em situações melhores.

Isso é uma grande bobagem. O professor vive de suas aulas; o médico de consultas; o advogado das defesas dos interesses de seus clientes; o jornalista de suas palavras; e assim por diante. Não importa a profissão, o fato é que a maioria se orgulha de ganhar seu sustento com a profissão escolhida.

Por que com o técnico do futebol amador tem de ser diferente? E não apenas o técnico, todos os envolvidos. O trabalho desses profissionais, mesmo que as crianças paguem pela escolinha, é tão importante quanto qualquer outro. São pessoas que trabalham de segunda a segunda, acreditando no sonho da maioria desses jovens que vê no futebol o futuro profissional.

Eles deixam suas famílias, nos fins de semana, para acompanhar os atletas nos campos da cidade, participando de vários campeonatos. São eles que ajudam o jovem que está em formação a controlar sua raiva, sua emoção. Passam a essa garotada a questão do respeito com o próximo. Ensinam que ser adversário não é o mesmo que ser inimigo.

São muitas as lições que os atletas aprendem com os técnicos e que levarão para o resto da vida. Então, qual é a razão de os técnicos não poderem encher o peito e dizer que vivem do futebol? São profissionais como qualquer outro e com uma responsabilidade muito grande.

Vamos respeitar os caras que ajudam a educar os filhos alheios e que fazem de tudo para que os sonhos deles sejam realizados.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close