EsportesFutebolFutsalPrincipais

Atletas do Ajax/Estrutural rumo ao Ituano

Treze jogadores campeões da categoria Sub-17 da 37ª edição do Torneio Arimatéia estão se preparando para avaliação em time paulista

A equipe do Ajax/Estrutural (Sub-17) não teve folga. Depois de participar da 37ª edição do Torneio Arimatéia (2016/2017), o time continua firme nos treinos. O objetivo é fazer bonito na avaliação que farão no Ituano, equipe de Itu (SP), no início de fevereiro.

Treze atletas estão tendo uma preparação intensa, de forma multidisciplinar – que envolve capoeira e outras atividades funcionais – para a realização do sonho de brilhar em uma equipe de mais visibilidade.

“É uma porta que se abre para o futebol de campo e para o futsal de Brasília. Estamos pensando nesta turma que está indo agora, mas também em um trabalho que pode permanecer firme para outras gerações”, acredita o professor Alessandro Maciel, mais conhecido por Seco.

O Ituano é uma equipe que vem realizando um bom trabalho nas categorias de base. “Na Copinha, chegou às oitavas de finais pelo terceiro ano consecutivo. O time é comandado por Juninho Paulista, ex-atleta da Seleção Brasileira, do São Paulo e de outras equipes de fora do país.

Mesmo com todas as dificuldades vividas por todos os envolvidos em projetos sociais, o Ajax/Estrutural está encontrando esse caminho. “Com 20 anos de existência, esta é a primeira vez que o Ajax vai encarar essa empreitada de levar atletas para equipes de destaque do cenário nacional, embora tenhamos  vários atletas brilhando em grandes clubes do Brasil e do exterior”, comenta Seco.

O agente Nando Mira está intermediando essa ação. Estão indo os atletas Emanuel Kersul; Arthur Melo; Luiz Felipe; Samuel Correia; Tiago de Matos; Asaph de Jesus. Acompanham o grupo o coaching esportivo Breno Campos; o professor Leonardo Muzzi (Escola Beira Lago); o estagiário Gabriel Mira; e o professor Alessandro Maciel (Seco).

A equipe ficará em avaliação no Ituano por uma semana.  Quem for aprovado, será alojado no clube. “Todos querem trilhar o caminho do sucesso, como Kaká e Márcio Amoroso, que são referência para essa garotada”, afirma Seco.

O Distrito Federal é um celeiro de craques. Sabe-se que a luta para um atleta brilhar no cenário nacional é árdua, por isso, fica aqui nossa torcida para que os craques encontrem um lugar ao sol.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close