Share

Bons de bola e de literatura

Mostra_1A Escolinha de futebol Ajax está realizou a segunda edição da Copa Futsal com mostra literária. Os jogos ocorreram na Escola CED 1, no Cruzeiro Velho. A Copa contou com a participação dos atletas moradores da Estrutural, do Sudoeste, do Octogonal, do Plano Piloto e do Cruzeiro. Foram mais de 200 jogadores, na faixa etária de quatro a 14 anos, no masculino e feminino.

O objetivo do evento foi mobilizar pais, alunos e membros da comunidade na arrecadação de livros e materiais escolares para o projeto social da escolinha Ajax, na Estrutural. Este trabalho é feito para os filhos de catadores de matérias recicláveis do aterro sanitário de Brasília.

Também está entre os objetivos principais o estimulo à leitura, os pais dos atletas foram os treinadores das equipes, que ganharam nomes de escritores da literatura infantil. Antes da competição, os pais explicaram quem são os autores e o porquê do time levar o nome escolhido de Machado de Assis, Monteiro Lobato, Ziraldo, Mauricio de Souza, Ruth Rocha, Erico Veríssimo, Clarice Lispector, José Saramago, João Ubaldo Ribeiro, Jorge Amado, Patativa de Assaré dentre outros.

Alessandro Seco e Fred Salles são os idealizadores do projeto. Seco, que é um dos responsáveis pela Escolinha de Futsal Ajax, acredita que o objetivo principal foi alcançado. “Reparei que as crianças que participaram da Mostra Literária despertaram um interesse e uma curiosidade maiores pela literatura brasileira”.

Os jurados premiaram dez atletas, de quatro categorias e mais dois no geral. “O que mais chamou a atenção nos textos dos atletas foram a originalidade a forma sincera que eles expuseram o amor pelo futebol”, pontua Seco.

Para o próximo ano, os idealizadores prometem incrementar a Mostra Literária. “Para ficar ainda melhor, na próxima edição, vamos tentar que os atletas visitem ambientes que fomentem a literatura, como a Academia de Letras. Também vamos convidar algum expoente que possa participar do evento, nem que seja no encerramento”, planeja Alessandro.

 

Deixe um comentário