NataçãoPrincipais

Brasília recebe até domingo o Festival Águas de Março

Evento será realizado no Lago Paranoá em ocasião do Fórum Mundial da Água com programação cultural e competições esportivas

A conscientização do uso adequado da água e a preservação do Lago Paranoá são algumas das premissas do Festival Águas de Março, que acontece entre os dias 16 e 18 deste mês, na região do Morro da Asa Delta (Península dos Ministros), no fim de semana da abertura do VIII Fórum Mundial da Água, que será sediado em Brasília.

Além de competições no Lago Paranoá, com seletiva para o mundial de canoa havaiana, por exemplo, o festival também terá uma programação cultural, que contará com apresentações de dança e música voltadas à temática da água.

Esporte

Nos dias 16 e 17 de março, serão realizadas as seletivas brasileiras de velocidade de canoa havaiana. As provas definirão os atletas que representarão o Brasil no Mundial que será no Tahiti, em julho. Já no domingo (18), acontecerão as provas de maratona aquática. Serão disputas na categoria infantil e estreante (300m), em equipes (1,5km) e na distância de 3km, válida como etapa de abertura do Campeonato Brasiliense da modalidade. Além destas provas, haverá disputas da categoria infantil e adulto do aquathlon.​

Cultura

Entre as atrações culturais, no dia 18, haverá shows do trio brasiliense Muntchako e o show inédito de pré-estreia do novo trabalho de André Abujamra, Omindá. Para representar os povos das águas do Pacífico, haverá apresentação da Hula por um dançarino tahiano e pela dançarina Renata Marzon.  A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional também se apresentará na ocasião.

Programação Esportiva

Canoa Havaiana
16 e 17 de março
8h às 14h

Provas oficias de canoagem – seletiva oficial Mundial Va’a 2018

Serão realizadas as seletivas brasileiras de velocidade de canoa havaiana. As provas definirão os atletas que representarão o Brasil no Mundial, que será no Tahiti, em julho. Aproveitando o período da manhã, quando o Lago Paranoá está mais tranquilo, serão disputadas as categorias V1 (uma pessoa), na sexta-feira, e a categoria OC 6 ( com 6 pessoas), no sábado.

Já no domingo, dia 18 de março, acontecerão às provas de maratona aquática. Serão disputas da categoria infantil e estreante (300m), da distância de 3km, válida como etapa de abertura do campeonato brasiliense da modalidade, e da prova em equipes (1,5 km).

Maratona Aquática
18 de março

8h30 – Campeonato Brasiliense de Maratona Aquática
10h – Prova Infantil 300m
11h40 – Prova em equipes

Aquathlon

18 de março
10h30

Também no domingo, haverá competição de aquathlon. Às 10h30, largam as crianças para as provas:

8/9 anos – 200 m de Natação / 400 m de Corrida
10/11 anos – 200 m de Natação / 400 m de Corrida
12/13 anos – 300 m de Natação / 1400 m de Corrida.
Às 11 horas, será a vez dos atletas adultos cumprirem as distâncias de 750 metros de natação e 4,4 km de corrida.

 Programação Cultural

18 de março
17h

Ritual Mãe D’Água

Duração: 60 min
Local: beira do Lago

Na região do São Francisco os povos acreditam na Mãe D’Água. Será realizado um ritual em homenagem ao Lago Paranoá, com dança e música. Para representar os povos das águas do pacífico, convidamos um dançarino tahiano e a dançarina Renata Marzon para a apresentação de HULA – dança havaiana tradicional. Haverá, ainda, indígenas e grupo afro-brasileiros para fazer um ritual que envolve música e dança, reverenciando as águas.

18 de março
18h

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional

Apresentação “Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional”. No programa, estão obras relacionadas ao tema: O Rio Moldávia, de Smetana; Danúbio Azul, de Strauss; La Mer, de Debussy; As Oceânides, de Sibelius; e a Sinfonia nº 6 – Cena à Beira de um Riacho, de Beethoven. Fecha a série a brasileira Planeta Água, de Guilherme Arantes. Regência do maestro Cláudio Cohen.

18 de março – 19h30

Show Muntchako

Duração: 60 min
Local: Palco

 Nascido em Brasília, em 2014, o trio instrumental Muntchako mistura eletrônica de ponta e sons orgânicos e sintetizados. Samuel Mota (guitarra, synths e programações) fornece o vértice mais eletrônico do trio, com viés dub e reggae. Rodrigo Barata (bateria, samples), DJ e pesquisador, adiciona as batidas pulsantes, e Macaxeira Acioli (percussão, samples) traz a pegada nordestina e propõe fusões musicais. É o grupo brasiliense que mais tem se festivais nacionais e internacionais atualmente.

18 de março
20h30

Show Omindá – Água da Alma (André Abujamra)

Duração: 70 min
Local: Palco

 Show inédito de pré-estreia do novo trabalho de André Abujamra, Omindá, com a participação de 5 músicos e projeções de vídeos durante o show, com imagens que registram o projeto. O registro audiovisual tem a participação de artistas de 13 países (Rússia, Japão, Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Índia, Mali, França, Portugal, Bulgária, Jordânia, República Checa e Brasil) e será lançado em vinil, plataformas digitais, cd, show e documentário. O lançamento oficial do Omindá será no Auditório do Ibirapuera, São Paulo, de 23 a 25 de março. O show de Brasília será o pré-lançamento.

Para conferir a programação acesse: https://www.facebook.com/events/164701290855290/

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close