Share

Brasiliense é destaque no remo olímpico nacional

Moraes_Thiago Moraes-Divulgação
Foto: Thiago Moraes/Divulgação

Thiago Moraes (em primeiro plano) é controlador de tráfego e campeão brasileiro Master 2014 de remo olímpico, na categoria For Skiff

O controlador de tráfego Thiago Milhomem de Moraes, 32 anos, trabalha no Metrô-DF desde 2006. Há mais de seis anos, ele divide a rotina no trabalho com o treino diário de remo olímpico. O esforço já rendeu resultados extraordinários. Ele conquistou inúmeras taças e medalhas que nem consegue contabilizar: “Muitas estão no clube e outras eu guardo comigo, mas não sei quantas são exatamente”.

Moraes, como Thiago é chamado no Centro de Controle Operacional (CCO), foi campeão brasileiro Master 2014 de remo, na categoria For Skiff. Este ano, conquistou a segunda posição no campeonato sul americano For Skiff e Duble Skiff, realizado entre 1º e 3 de maio, em Porto Alegre. O atleta também participou com a equipe de Brasília e sagrou-se vice-campeão da Copa Norte/Nordeste 2014.

Para alcançar esses resultados, Moraes treina todos os dias das 5h às 6h. Quando trabalha no período noturno, rema de meia-noite às 5h. Moraes sai direto do Metrô-DF para o Lago Paranoá, na altura da Asbac. Quando o controlador assume o horário das 18h à meia-noite, treina antes de chegar ao trabalho, das 15h às 17h.

O compromisso diário com o esporte ajuda Moraes a organizar a rotina de trabalho. Ele explica que a prática do remo disciplina o atleta a dormir no horário correto, para acordar cedo no dia seguinte. “É preciso ter muita coordenação para trabalhar em equipe. Isso a gente acaba levando também para o ambiente de trabalho”, explicou Moraes.

O atleta também chama atenção para os benefícios fisiológicos da prática do esporte. De acordo com Moraes, o condicionamento físico adquirido no remo reflete no bem estar e disposição para enfrentar as tarefas do dia-a-dia. “É um esporte que exige uma boa condição física, pois movimenta todo o corpo”, afirmou.

Qualidade de vida
O Metrô-DF apoia a prática de atividades físicas pelos empregados da Companhia e está planejando uma série de ações de qualidade de vida, dentro do Programa Metrô Sustentável, para dar apoio aos atletas da casa. De acordo com o assessor da Diretoria de Administração (DAD), Valmir Bochi, em breve, começará a ser realizado um trabalho de acompanhamento dos empregados com orientações sobre iniciação à corrida, como uma preparação para a Corrida do Metrô, que deve ocorrer entre setembro e outubro deste ano.

“Já realizamos a ginástica laboral em todo o Metrô, que acontece todos os dias no CAO (Complexo Administrativo e Operacional), em todas as estações e na fila de pilotos de Águas Claras. Estamos identificando as necessidades dos atletas da casa para propor ações específicas para eles”, destaca Valmir Bochi.

Fonte: Murilo Caldas/Ascom/Metrô-DF