EsportesLutasPrincipais

Brasiliense fatura Pan-Americano de Sanda

Morador do Guará conquista titulo internacional, no Texas (EUA), e aumenta sua lista de medalhas

Luciano Santiago
Especial para o Viver Sports

Com uma extensa lista de vitórias, Ricardo Saldanha, 25 anos, teve mais uma importante conquista este ano. O lutador de Wushu Sanda (pronuncia-se Sandá) faturou o Pan Americano, no Texas (EUA), em agosto deste ano.

Aos 17 anos, Saldanha ingressou no Sanda. O objetivo inicial era a prática de uma atividade física para emagrecer. Ele buscava o muay thai, mas, por falta de vaga, optou pela modalidade que o projetou.

Saldanha, morador do Guará, é campeão Sul Americano de Sanda em 2015; bicampeão brasileiro em 2011 e 2014; e conquistou ganhou 33 medalhas, sendo 30 de ouro e três de prata. Ele entrou no esporte para perder peso e acabou se apaixonando pela modalidade. Hoje, é integrante da seleção brasileira de boxe chinês. Para conquistar o título mais importante de sua carreira, precisou passar por uma seleção de lutadores, em Campinas. “Almejo isso desde o primeiro mês de treino, o que acontece há muitos anos”, diz o lutador.

Ricardo vive uma intensa rotina de exercícios. Um dos principais locais onde o atleta treina é na Cerrado MMA, que funciona no Clube Vizinhança da Asa Norte. Cerca de 20 homens lutam as mais diversas artes marciais, como Muay Thai, Jiu-Jitsu, Luta Livre, Sanda e Boxe. As aulas duram em média duas horas e são repletas de técnicas que fazem a diferença nos combates travados entre os atletas.

O lutador ressalta que as pessoas pensam, erroneamente, que o objetivo do aluno é brigar. Os principais objetivos são: capacitar-se no campo da educação física, atuar na formação de pessoas, formar atletas que levarão projetos sociais para comunidades carentes e representar o Brasil no mundo. “Durante os treinos, as experiências e descobertas são compartilhadas ali mesmo, no tatame”, comenta o atleta.

Ele também conta que muitos alunos têm buscado treinamento para aprender técnicas de defesa pessoal devido ao aumento dos roubos e da violência em todo o país.

Cada aula queima até 1000 calorias. A faixa etária é variada e conta com lutadores de 20 a 42 anos. Iniciantes, amadores e profissionais. O professor é rigoroso durante todo o processo. O tempo empregado é fundamental para o sucesso das atividades.

O Sanda

O Sanda é um esporte originado do Kung Fu, o Wushu Sanda. Surgiu em 1960. É uma arte marcial que tem características parecidas com o Muay Thai (combate em pé utilizando socos e chutes), porém, no Wushu Sanda é permitido realizar quedas e projeções. A prática da modalidade requer alto poder cardiopulmonar, muscular e muita técnica.

O Sanda é procurado por lutadores de MMA que precisam aumentar seu nível técnico em pé, e por mulheres que procuram condicionamento físico de uma maneira mais dinâmica.

Serviço

Quem quiser treinar Sanda pode se dirigir a Cerrado MMA no Clube Vizinhança, na 604 Norte. As aulas ocorrem as terças e quintas-feiras, às 7h30. Os planos variam de R$ 129 a R$ 359.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close