Share

Campeonatos chegam ao fim

Arsenal (branco) faturou o terceiro lugar da Infantil e teve Isadora Fernandes (8) como artilheira

Asbac encerra atividades esportivas, em 2011, com definição dos campeões 

As atividades esportivas da Asbac movimentam o clube o ano todo, mas tudo que é bom também chega ao fim. E foi o que ocorreu com as finais dos campeonatos de futebol, que definiram os campeões de 2011.

Pela categoria Mirim do Futsal Infantil, o Burussia Dortmund não tomou conhecimento do Shalke 04 e goleou o adversário por 6 x 0. Com a espetacular vitória, o time levantou a taça de campeão. Além disso, o time ainda teve o artilheiro da competição, Gabriel de Azevedo Moura, com 27 gols assinalados; o melhor goleiro, Renzo Neponuceno, com 20 sofridos; e também o troféu disciplina. Na disputa pelo terceiro lugar, o Bayern Munich venceu o Werder Bremen por 5 x 4.

Na decisão da Infantil, o Manchester City reinou absoluto, com uma supergoleada de 10 x 0 sobre o Chelsea. Além do título de campeão, a equipe contou com o melhor goleiro, Fabrício de Souza Cardoso, 10 gols sofridos, e também ficou com a taça disciplina. Em terceiro lugar ficou o Arsenal, que atropelou o Manchester United com um placar de 16 x 1 e ainda teve a artilheira da competição, Isadora Fernandes Dinis, com 16 gols.

Borussia Dortmund vence o Cinquentão

Em um jogo emocionante, o Borussia Dortmund entrou em campo bem despreocupado e conseguiu uma vitória surpreendente sobre o Paris Saint Germain. O time goleou o adversário na decisão do Torneio Cinquentão da Asbac por 4 x 1.

Na disputa pelo terceiro lugar, o PSV venceu o Celtic por 4 x 3. Também levou a Taça Disciplina. Luiz Fernando de Melo (PSG) é o artilheiro, com 17 gols. Olivan de Sousa Queiroz Júnior (Porto), o goleiro menos vazado.

Durante a premiação, o presidente do Conselho de Administração, Aparício Secundus, convidou todos a participarem. “A Asbac está sempre de portas abertas para o esporte. Queremos incentivar, principalmente, os pequenos a integrarem as categorias de base”. O conselheiro José Lopes Dantas reforçou o convite. “A Asbac não existe sem a cooperação de vocês. Ninguém é uma ilha e aqui é o lugar para todos se encontrarem”, finalizou.

O Sintonia não decepcionou na Veterano.
Sintonia fatura o Veterano

Em disputa bastante acirrada, o Sintonia vence o Tá-Lentos por 5 x 3 e sagra-se campeão da categoria Veterano de Futebol Society. O confronto que definiu o terceiro lugar foi realizado no dia 19/11, entre Cruzeiro 2 x 4 Independente. Luiz Fernando (Sintonia) foi o melhor goleiro da competição. Willames Leão Bezerra (Independente) levou o troféu de artilheiro, com 19 gols.

O jovem arqueiro Luís Fernando destacou a troca de experiência com os mais velhos. “Para mim foi uma honra jogar com essa galera mais experiente. E graças a Deus, conseguimos mais um título”, comemora o goleiro menos vazado da competição.

A confraternização marcou a final. Assim como o árbitro Luiz Crespo, que deu um ar mais alegre à decisão do Veterano. Ele apita há 10 anos na Asbac e, como profissional, trabalha há 20. Seu bom humor foi o grande destaque da decisão. “Fica fácil conduzir a partida, pois os jogadores são muito bons”, diz o juiz.

Na Principal, o Chelsea (verde) confirmou o favoritismo.
Chelsea leva a taça da Principal

Na final do Campeonato da categoria Principal, o Chelsea pintou o sete para pesadelo do Milan. O time venceu o adversário por 7 x 1 e ficou com o troféu. A equipe campeã confirmou o favoritismo, pois estava invicta no turno e returno.

Logo no início da partida, o Milan bem que tentou dar trabalho ao Chelsea e abriu o placar. Mas não manteve a vantagem por muito tempo. Pouco depois, o favorito empatou, virou e se transformou em uma máquina de fazer gols. Resultado: 7 x 1 para o Chelsea.

O Chelsea ainda abocanhou os troféus de time mais disciplinado, goleiro menos vazado e artilheiro. Para o herói da defesa, a final foi emocionante. “Ofereço o troféu a toda a defesa do meu time, pois todos são muitos bons e não seria possível sem eles”, agradece o goleiro Henderson Cerqueira.

Crespo deu um show à parte, na final do Veterano da Asbac.

Alan Farias também dedica o troféu de artilheiro à sua equipe. “Acredito que sem meus companheiros, não seria possível fazer gols e eu não seria nada”, diz.

Deixe um comentário