Share

Chegamos à edição de número 100

katia-editorial2Para muitos, o número pode até passar despercebido, mas para nós do ViverSports, que acompanhamos as movimentações do esporte amador no Distrito Federal, é muito expressivo. Claro que desejamos que ele se multiplique sempre. Porém, ainda é motivo de grandes emoções, pois a caminhada até aqui está sendo bem complicada. Nada que nos desmotive, mas que é difícil, ah, não tenham dúvida.

Aliás, a grande maioria de vocês tem noção das dificuldades e limitações que enfrentamos. Elas são praticamente as mesmas para todos os que elegem o esporte como “bandeira”. Não é fácil se dedicar ao esporte no Brasil e, no Distrito Federal, não foge à regra. Lidamos com muitas promessas e, ao mesmo tempo, com um grande descaso de nossos representantes, que acreditam que devem nos manter com esmolas para que jamais sejamos independentes.

São situações que precisaremos aprender a administrar e com muita maestria. Do lado de lá estão vocês, implorando por políticas públicas que venham fortalecer o esporte amador na cidade. Aqui estamos nós, divulgando o trabalho de cada um e tentando mostrar ao GDF o quanto essa “bandeira” é importante para a formação de atletas e de bons cidadãos. Sabemos que é em vão. Eles nunca nos tratarão bem. Ou melhor, tratarão, sim, até passar as eleições. Depois, continuaremos nossa via crúcis.

Entretanto, o que importa, mesmo, é que conseguimos sobreviver a tudo isso. Poderia ser um caminho bem mais tranquilo, porém, ser pessoas decentes neste país é sinônimo de sofrimento. Os bandidos, os corruptos e os que sabem barganhar sempre se darão bem. E nós, que não sabemos falar a língua deles, continuaremos em nossa jornada. Faz parte.

Sabemos que dias piores virão, pois as regras do jogo fogem à nossa compreensão. Mas seguiremos sempre em frente e de cabeça erguida. Quem venham tantas outras edições, que estaremos constantemente agindo com dignidade no ofício que nos propusemos a realizar: divulgar o esporte amador do DF.

 

Deixe um comentário