Cidades

Ciclistas profissionais já contam com ciclofaixa para treino no Parque da Cidade

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília
Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Viaturas do Detran-DF e da Polícia Militar analisarão o impacto no trânsito nos próximos dias

A convivência harmônica entre os veículos de transporte, sejam carros, motos e bicicletas, é tema de uma campanha que será lançada no dia 17 de maio no Parque da Cidade Sarah Kubitschek. O objetivo é conscientizar a população sobre a correta utilização da ciclofaixa, que circunda toda a extensão do local para treino de atletas profissionais e tem cerca de 10 km de extensão. A ação, promovida pela administração local em parceria com o Departamento de Trânsito do DF (Detran) e Departamento de Estradas de Rodagem (DER), faz parte do Maio Amarelo, que visa a redução de acidentes de trânsito.

Entender um pouco mais sobre a ciclofaixa na entrevista com o administrador do parque, Alexandro Ribeiro.

Quando a ciclofaixa começou a funcionar?
Desde a segunda-feira (27), os ciclistas profissionais já podem utilizar o espaço, que fica liberado de segunda a sexta-feira, das 6 às 8 horas. Nesse primeiro momento, a ciclofaixa estará funcionando em fase de teste, período em que viaturas do Detran-DF e da Polícia Militar analisarão durante a semana se o horário está adequado, se os veículos estão respeitando a demarcação, entre outras verificações. Não temos ainda um prazo limite para essa fase terminar. Nos finais de semana e feriados, os automóveis podem trafegar nessas áreas.

Após esta fase de teste é possível que esse horário seja alterado?
Existe essa possibilidade. Mas é mais provável que se reduza esse tempo e não aumente. Vale frisar que nessa fase de teste as viaturas do Detran e da PM não estarão com a responsabilidade de fazer a escolta desses ciclistas, mas sim de apenas observar o trânsito com o funcionamento desse novo espaço. O horário de liberação da faixa foi escolhido depois que nos reunimos com grupos de ciclistas profissionais. Não foi de maneira aleatória.

Qual a diferença entre a ciclofaixa que circunda o parque e a interna?
Todos devem ter consciência de que a área interna do parque destinada aos ciclistas é apenas para passeio, para atividades contemplativas. Já a faixa que divide espaço com os outros veículos de transporte deve ser utilizada apenas para treinamento. Demarcamos essa área que circunda o parque justamente porque os profissionais pedalam em velocidades muito altas, que chega a 40 km/h ou 50 km/h, e precisavam de um local para treinar.

Existe alguma sinalização no local?
Já demarcamos a área da ciclofaixa e começamos a instalar, desde a última quinta-feira (30), placas educativas e indicativas. No total, serão 100. Essa será uma forma para que o motorista respeite o espaço do ciclista.

Qual o principal objetivo da campanha?
Todos devem ter a consciência de que a bicicleta é um veículo de transporte como qualquer outro e deve respeitar as leis de trânsito. A ideia é que todos consigam conviver em harmonia, o carro, a moto e o ciclista.

Existe uma data marcada para o lançamento da nova ciclovia interna?
Estamos aguardando a liberação do dinheiro para recomeçarmos as obras, que começaram em setembro do ano passado e foram paralisadas em novembro do mesmo ano por falta de pagamento da empresa executora. Vamos duplicar a ciclovia que já existe e ela continuará sendo para atividades contemplativas, de passeio, e não para treinamento de profissionais.

Fonte: Agência Brasília

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close