EsportesFutebolPrincipais

Congresso é soberano na Copa Capital

Com vitória por 3 x 2 sobre o Bombeiros, time fatura o caneco da competição

Decisão de gente grande. Assim foi o duelo decisivo da 1ª Copa Capital de Futebol. O confronto ocorreu no sábado (27), no Estádio Bezerrão, no Gama. Com vitória por 3 x 2 sobre o time do Bombeiros, o Congresso levantou o troféu de campeão.

O duelo decisivo da Copa Capital entre Congresso e Bombeiros nada pareceu com o confronto direto entre as duas equipes na primeira fase da competição, em que o Congresso venceu por 8 x 1.

O jogo começou aberto, com investidas das duas equipes rumo ao gol. Mas foi o Congresso que abriu o placar, aos 17 minutos do primeiro tempo.

A desvantagem no placar não derrubou o Bombeiros, que seguiu firme na marcação, porém, obrigou a equipe a se expor mais e com a chegada perigosa do Congresso na área adversária, obrigou o goleiro do Bombeiros a fazer um pênalti, que foi convertido pelo Congresso, ampliando o placar: 2 x 0.

Perto do fim do primeiro tempo, a equipe do Bombeiros encontrou o caminho do gol, diminuindo a diferença para 2 x 1 e fechando a primeira fase da partida com esse resultado.

A volta para o segundo tempo mostrou duas equipes sedentas pelo título e foi com essa sede que o Congresso marcou mais: 3 x 1. Aos 35, o Bombeiros teve um pênalti a seu favor, diminuindo: 3 x 2.

Em vantagem no placar e faltando uns três minutos para o fim do jogo, coube ao Congresso administrar a posse de bola e esperar o apito final para comemorar a conquista do título de campeão da 1ª Copa Capital de Futebol.

A equipe, além do título, conquistou a artilharia, com Rominho; a defesa menos vazada, com Rodrigo; e ainda teve o melhor jogador da competição, Paulinho, lateral direito.

A competição contou com a participação de 12 equipes: Congresso, Bombeiros, Unidos, Finos da Bola, Boêmios, Atlético Brasiliense, Barcelona, Volta Redonda, Revolução, Bartucada, Real Terapia e UnB.

As duas equipes estão de parabéns, pelo brilhante confronto que realizaram, com jogo de alto nível e limpo, em que prevaleceu, de fato, o futebol.

O organizador da competição, Emerson Boaventura, enalteceu a participação das equipes. “Agradeço a cada equipe pela participação e quero dizer que estou muito feliz em ter feito parte desta família. Peço desculpas, caso tenha havido algum erro cometido por mim, mas tenham certeza de que procurei acertar ao máximo”, agradece o organizador.

E completa: “O futebol nos proporciona conhecer pessoas que levamos para o resto de nossas vidas. Vidas essas que passam muito rápido aqui na Terra, então, temos que valorizar cada momento. Parabéns às equipes do Congresso e Bombeiros, pelo grande espetáculo na final do campeonato. Essa final superou muitos jogos dos times da primeira divisão do DF. Obrigado a todos os representantes: Caio e Diego (Congresso); Pacheco (Bombeiros); Betão (Unidos); Rodrigo (Finos da Bola); Gregory (Boêmios); Paulo e Wesley (Atlético Brasiliense); Raphael Vaz, Rafael e Jean (Barcelona); Diogo (Volta Redonda); Alexandre e Igor (Revolução); Fabinho e David (Bartucada); Hugo (UnB); e Gustavo (Real Terapia)”, finaliza Emerson Boaventura.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close