EsportesFutebolPrincipais

Copa PSTC define os campeões

Galáticos (Sub-15) e Barro Alto-GO (Sub-17) ficam com os troféus da competição de base

Dia de muita emoção nas finais da 6ª Copa Brasília PSTC das categorias de base. Sábado (14), o Bezerrão recebeu os confrontos decisivos da competição que consagrou o trabalho de equipes de Brasília e de fora. Galáticos e Barro Alto-GO fecharam o dia levantando o troféu de campões das categorias Sub-15 e Sub-17, respectivamente.

A categoria Sub-15 entrou em campo primeiro. Disputa acirrada entre Galáticos (Guará) e Penharol  (Gama). Quem levou a melhor foi o time do Guará que conseguiu converter um gol, com Felipe Tomaz e segurar o resultado até o fim, para comemorar a conquista do título de campeão da 6ª edição da Copa Brasília PSTC das categorias de base.

Na categoria, Samuka (CFJ-Romário) marcou sete gols em quatro partidas e ficou com o troféu de artilheiro. Guilherme Andrade (Galáticos) sofreu apenas dois gols em cinco jogos e sagrou-se o goleiro menos vazado.

Após o duelo da Sub-15, foi a vez de Rio Verde (Gama) e Barro Alto (GO) disputarem o título da Sub-17. Em jogo bastante disputado, o time de Goiás sagrou-se campeão, ao vencer a equipe do Rio Verde por 2 x 1.

Marcaram para Barro Alto: Cristian e Thiago Freitas. Lucas Mateus descontou para o Rio Verde. Além do título de campeão, a equipe de Barro Alto fez o artilheiro da competição, Cristian, com quatro gols em cinco jogos; e ainda teve o goleiro menos vazado, Pedro Aurélio, com apenas um gol sofrido.

A competição, teve o apoio da Bolas Premium, a única utilizada em todos os jogos. O fabricante deu uma bola para cada equipe, além das utilizadas durante os confrontos.

Sucesso da competição atrai sonhadores

Materia_secundária
O professor Julio César ladeado por Bruno e Lucas Prestes. Ao lado, os atletas com a mãe, Simone Prestes

A Copa Brasília PSTC de categorias de base atrai atletas de várias partes do Brasil. Nesta edição, mais uma história de jovens que vêm em busca de realizar o sonho de chegar ao futebol profissional emocionou os participantes.

Simone Prestes saiu de Papanduva (SC), cidade a 380 quilômetros de Chapecó, com seus dois filhos, Lucas e Bruno de Souza Prestes, 15 anos e 13 anos, respectivamente, na expectativa de vê-los brilhar na competição e chamar a atenção dos observadores técnicos.

Ela conta que veio para Brasília incentivada pelo professor Júlio César, que trabalhava em sua cidade com uma franquia de categorias de base da Chapecoense. “Julio deu aula um ano para o Bruno. Depois, viu o Lucas jogando e disse que era preciso investir nos meninos, pois eles são muito bons”, conta Simone.

Quando ficou sabendo da competição, Simone não mediu esforços para trazer os atletas. “Vendi férias, usei 13º salário, aluguei uma casa aqui no Gama e vim para Brasília para tentar a sorte para os meus filhos”, relata.

A família chegou dia 21 de dezembro e voltou para a cidade natal dia 17 de janeiro. Os jovens participaram da competição pela equipe Novo Gamense, liderada e treinada pelo professor Júlio. Não passaram da primeira fase, mas, segundo eles, valeu a aventura.

Lucas, que é atacante, achou a competição muito importante para o seu desenvolvimento. “Dei o máximo de mim, mas não foi desta vez”, comenta o atleta. Porém, Lucas diz que valeu a viagem, porque gostou muito de Brasília e das pessoas daqui.

Bruno faz coro com o irmão. “Achei a competição muito boa. Infelizmente, não tivemos tempo para treinar e o Novo Gamense saiu na primeira fase, mas valeu a pena”. E completa: “Essa é a primeira vez que participamos de uma competição de base. Sempre treinamos, mas lá na minha cidade não tem tanto o que fazer”.

Para o professor Julio Cesar da Silva, também foi muito válida a experiência e garante que vai preparar o Novo Gamense para a próxima edição da copa. “Conheço a competição há tempos. Já conheço a Joanildes também. O projeto é muito bom, importante e dá muita moral para a garotada. Viremos mais fortes e vamos revelar atletas por meio desse programa”, complementa o treinador.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close