Esportes

Corrida de rua contra o câncer de mama

 

Objetivo da "Corrida da Mulher" é ampliar participação popular nas ações de alerta sobre a prevenção da doença, responsável pela morte de 190 mulheres no DF em 2012
Objetivo da “Corrida da Mulher” é ampliar participação popular nas ações de alerta sobre a prevenção da doença, responsável pela morte de 190 mulheres no DF em 2012

Como forma de aumentar o envolvimento da população na luta contra o câncer de mama, doença responsável pela morte de 190 mulheres no DF, em 2012, o GDF lançou, hoje, no Salão Nobre do Palácio do Buriti, a “Corrida da Mulher”.

O evento, que conta com o apoio da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), Ministério do Esporte, Congresso Nacional, ocorrerá no próximo dia 27, a partir das 9h, no Eixão do Lazer.

“Nossa ideia é que a corrida seja realizada todos os anos, como uma forma permanente de se fazer a campanha contra a doença, com o auxílio da sociedade civil organizada, que também precisa agir em conjunto com o governo nessa luta”, destacou a secretária da Mulher, Olgamir Amancia.

Segundo a titular da pasta, a ação faz parte da programação “Outubro Rosa”, mobilização mundial de sensibilização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, segunda principal causa de mortes de mulheres no planeta.

TRATAMENTO – A gerente de Câncer da Secretaria de Saúde, Maria Cristina Scanduzzi, destacou que, atualmente cerca de 2 mil mulheres estão em tratamento nos hospitais da rede pública do DF e, em 2012, 500 tiveram que fazer a mastectomia (retirada do seio comprometido pela doença).

“Hoje, o tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil e no DF é o de mama. A prevenção é fundamental, para ter o diagnóstico precoce, que aumenta significativamente as chances de cura”, alertou a gerente, ao informar que a necessidade é maior ainda para as pacientes com mais de 50 anos.

De acordo com Maria Cristina, a corrida é uma forma de prevenir à doença, de forma associada a outros exercícios físicos, alimentação saudável e avaliações médicas periódicas que devem ser feitas, pelo menos uma vez por ano.

O secretário adjunto de Esporte, Célio Rene, informou que na média a participação de mulheres em corridas de rua no DF é de apenas 30% e, para incentivar a adesão do público feminino para este evento, das mil vagas gratuitas que serão abertas, metade estará reservada para o gênero.

Os participantes terão direito a camiseta, garrafinha d’água e medalha para as provas, com percursos de 5km e de 10km.

“Essa é uma questão de política pública para as mulheres muito importante, porque não podemos ficar parados ao saber que a cada dois dias, uma mulher morre vítima da doença”, enfatizou o secretário.

Quem quiser participar da “Corrida da Mulher poderá se cadastrar e realizar suas inscrições, a partir de amanhã (18), às 8h, pelo site www.corredorderua.com.br

Além disso, a organização vai receber doação de alimentos não perecíveis e kits higiênicos, como sabonete e escovas de dente, para serem entregue à Casa Abrigo, que atende mulheres vítimas de violência.

PROJETO – Durante a cerimônia, também foi inaugurado o projeto “Mulheres que cuidam de mulheres”, da Associação de Mulheres Empreendedoras (AME), em parceria com uma clínica particular, que doará 15 procedimentos de pigmentação da auréola para pacientes mastectomizadas. As mulheres fizeram a cirurgia pelo SUS e foram selecionadas pela Secretaria de Saúde do DF.

O procedimento é garantido pela Lei Distrital nº 4.761/12 e custa, em média, R$1.400.

“Se olhar no espelho e não ver um seio faz falta. As mulheres tem que se cuidar e conhecer o próprio corpo, como no meu caso, que descobri em 2009 que tinha câncer de mama ao fazer o auto-exame. Se eu não me preocupasse, talvez não estaria aqui”, relatou a professora Joana D’ark Vieira, 49 anos. Fonte: Agência Brasília

 

 

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close