Share

Cruzeiro ganha Biblioteca renovada

O Espaço foi restaurado e adaptado para pessoas com deficiência. Fonte: Agência Brasília
O Espaço foi restaurado e adaptado para pessoas com deficiência. Fonte: Agência Brasília

A Biblioteca Pública do Cruzeiro, instalada no Centro Cultural Rubem Valentin, foi entregue hoje à comunidade com estrutura renovada: pintura, manutenção elétrica e hidráulica, além de novos espaços. O ambiente também terá internet com acesso livre aos usuários.

“Essa biblioteca oferecerá para a população uma estrutura completa, com sala de leitura, interner wi-fi, livros e uma série de espaços para estimular a leitura entre os moradores do Cruzeiro”, destacou o governador Agnelo Queiroz, que realizou na ocasião o lançamento do projeto Bibliotecas do Cerrado.

A biblioteca – que recebeu aproximadamente R$ 147 mil em investimentos na área de 3,2 mil m² – ganhou um Telecentro com 15 computadores, salão de multiplas funções, espaço infantil, 62 baias individuais de estudo e duas salas coletivas.

Pela primeira vez, o local também recebeu adaptações adequadas para pessoas com deficiência, com rampas de acessibilidade e três baias com acessibilidade.

Além disso, os frequentadores também terão acesso à Casa da Memória, que possui documentos históricos, fotografias e mais de 300 imagens digitalizadas do Cruzeiro.

A biblioteca, que também será uma das três primeiras a estrear o projeto lançado hoje, “Bibliotecas do Cerrado”, terá uma programação com atividade culturais e sociais aberta à comunidade.

Os interessados podem conferir o cronograma pela página no Facebook: Gerência de Cultura do Cruzeiro

 

História – A biblioteca foi inaugurada em 1990, e ao redor de seu espaço foram construídos o auditório, o telecentro e um salão de múltiplas funções, que hoje constituem o Centro Cultural Rubem Valentim.

O local, que apenas recebia pequenos reparos há mais de 15 anos, recebe em média mil pessoas por mês. Fonte: Agência Brasília

 

 

Deixe um comentário