LutasPrincipais

De Ceilândia para o mundo

Após conhecer o respeito que atletas recebem em outros países, Diego Almeida saiu do país para brilhar em terras estrangeiras

Ele começou aos 15 anos, no projeto social Indo à Luta, da academia CEI Jiu Jitsu, de Ceilândia. Hoje, com 21, Diego Almeida pode encher o peito e dizer que representa muito bem Brasília nos campeonatos nacionais e internacionais.

Nesses seis anos de dedicação ao Jiu Jitsu, Diego levantou muitos troféus e garantiu muitas medalhas para a capital federal.Atualmente, o jovem guerreiro está morando na cidade de Midland, no Texas (EUA), e conta o por quê de ter optado por morar fora do País. “Quando fiz minha primeira disputa internacional vi a estrutura que um atleta tem lá fora, o quanto são valorizados independentemente da modalidade que pratica. Isso tudo despertou em mim uma grande vontade de ir morar fora do Brasil”, explica Diego.

Segundo o lutador, os atuais patrocinadores – Rede CrossFit Gladius, Studio Mac, Virginia Dar’c Decoração, Piscicultura Rocha, Smash Bros, Clínica Mabel e Dra. Carol Figueiredo – apoiaram sua decisão. “Eles estão sempre cientes de tudo o que eu faço, estão sempre ao meu lado, dando apoio financeiro, mental e físico. “Agradeço a eles por tudo e principalmente por confiarem no meu potencial”, declara o lutador.

O grande objetivo de Diego para este ano é ser campeão mundial e participar do máximo de competições mundo afora. Questionado sobre se pensa em voltar ao Brasil, Diego é direto. “Brasília significa muito para mim, aqui foi onde tudo começou, onde tive grandes batalhas e grandes vitórias. Tenho um carinho enorme por essa cidade. Não digo que nunca mais voltarei, mas agora só penso em minha carreira internacional. o futuro a Deus pertence”, enfatiza o atleta.

Mesmo crescendo cada dia mais na modalidade, o atleta não esquece suas origens. “Só tenho a agradecer meus professores Bruno e Rico Bastos, a Academia CEI Jiu Jitsu, minha família e principalmente ao meu treinador Cláudio Careca. Se estou vivendo esse sonho, foram eles que me ajudaram e alimentaram meus desejos de conquista”, finaliza.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close