Share

Definidos os semifinalistas no Sub-20 Feminino

No Sest Senat,as meninas do Minas/Icesp e Apcef/Adef/Upis ficaram no empate. Em Sobradinho o Cresspom/Mauá bateu a AABB/UnB, fechando o chaveamento das semifinais da competição da Febrasa

Philipe Moreira
Especial para o Viver Sports

A última rodada da fase de grupos da categoria Sub-20 Feminino do Campeonato Brasiliense BRB de Futsal foi bastante intensa. Sábado (23), o clássico entre Minas/Icesp x Apcef/Adef/Upis que contou com bastante rivalidade e atitudes negativas, terminou em 4 x 4. No ginásio de Sobradinho, o Cresspom/Mauá venceu  a AABB/UnB por 3 x 0.

O jogo mais esperado da primeira fase, Minas/Icesp x Apcef/Adef/Upis começou intenso, com as equipes criando chances. Aos 8’03, Geovana Oliveira abriu o placar para a Apcef/Adef/Upis. Geovana nem teve tempo para comemorar, pois um minuto depois, aos 9’40, Andressa Karolaine empatou o duelo: 1 x 1.

O confronto ficou equilibrado durante todo o primeiro tempo, mas a Apcef/Adef/Upis marcou mais um, aos 16’20, em jogada rápida pela esquerda, Alessandra colocou a bola no fundo da rede; Apcef/Adef/Upis 2 x 1 Minas/Icesp.

A partida passou a contar com faltas mais duras e com um duelo particular dentro de quadra. Nycole (Apcef/Adef/Upis) e Victoria (Minas/Icesp) começaram a fazer uma marcação mais forte uma na outra. Após uma falta no meio da quadra envolvendo as duas, aos 19’58, as atletas levaram o cartão amarelo e advertência da arbitragem. Após isso, o jogo foi para o intervalo; Apcef/Adef/Upis 2 x 1 Minas/Icesp.

O segundo tempo foi ainda mais eletrizante do que na primeira etapa. Os dois times pressionavam e os contra-ataques eram bastante velozes. Com isso, o duelo passou a ficar nervoso e ainda mais faltoso. Aos 21’05, após cobrança de falta, Victoria Albuquerque empatou novamente o jogo: 2 x 2.

Violência física e verbal

Pouco tempo depois, aos 24’28, Thayná virou para o Minas/Icesp. O clima do clássico passou a ficar bastante quente, tanto dentro de quadra quanto nas arquibancadas. As torcidas pressionavam a arbitragem e alguns torcedores do Minas/Icesp até proferiram xingamentos, em lances mais quentes do jogo.

Aos 31′, após falta dura da atleta Nycole em cima de Victória, a torcida do Minas/Icesp  pressionou pela expulsão da atleta da Apcef/Adef/Upis. Os árbitros entenderam que o lance não foi para cartão. O técnico do Minas/Icesp, Marcos Carvalho, proferiu xingamentos e agrediu o árbitro principal Jason Alves com um soco. Com a agressão, Marcos Carvalho foi expulso.

Após o ocorrido, as atletas das duas equipes continuavam na busca do gol para sua equipe. Assim fez Alessandra (Apcef/Adef/Upis), ao deixar tudo igual mais uma vez o confronto. A camisa 13 tabelou rápido com Nycole e tocou para o gol; 3 x 3.

No último minuto, Nycole deixou o dela, aos 39’01; e Victória marcou aos 39’30, dando números finais ao grande confronto. Placar final: Apcef/Adef/Upis 4 x 4 Minas/icesp.

Com o resultado, as duas equipes terminaram a última rodada com 10 pontos ganhos. Porém, nos critérios de desempate, a Apcef/Adef/Upis levou a melhor e ficou na primeira colocação e o Minas/Icesp logo atrás, em segundo.

Cresspom/Mauá x AABB/UnB

O jogo em Sobradinho foi mais calmo e tranquilo. O Cresspom/Mauá aproveitou as oportunidades e venceu a AABB/UnB por 3 x 0. Os gols foram marcados por: Elaine Ramos (duas vezes) e Taís Menezes.

Semifinais

Com os resultados  dos jogos, as semifinais foram definidas:

Apcef/Adef/Upis x AABB/UnB

Minas/Icesp x Cresspom/Mauá

O Campeonato Brasiliense BRB de Futsal é organizado pela Federação Brasiliense de Futebol de Salão (Febrasa). Conta com o patrocínio do Banco de Brasília (BRB) e com apoio da Bolas Premium, Central Esportes e Malluí Artigos Esportivos.