2011Editorial

É preciso saber ganhar e perder

Estar em um tatame, campo, pista, quadra ou qualquer palco que sirva para uma disputa esportiva é um teste de fogo para os atletas. Tanto que, durante as competições, é possível observar o quanto eles se concentram e se doam em busca de um objetivo: a vitória.

É como se fosse uma questão de vida ou morte, e que apenas um sobreviverá. Mas, graças a vários fatores, é apenas uma comparação. Sabemos que há casos em que se perde o controle e situações desagradáveis acabam acontecendo.

Porém, esse não será o tema desta conversa. Ao contrário. Queremos parabenizar o trabalho de muitos profissionais, principalmente os que lidam com crianças e adolescentes.

Durante as coberturas dos eventos esportivos, é comum o registro do contraste entre a alegria dos vencedores e a tristeza dos derrotados. Contudo, passado o momento da euforia, ver os atletas levantando a cabeça e cumprimentando os adversários é bom demais. Melhor ainda é flagrá-los em um diálogo descompromissado, depois que esfriam os ânimos. A postura dá a certeza de que tudo, de fato, não passou das “quatro linhas”.

Esse comportamento cordial significa que os atletas estão no caminho certo. E que seus técnicos estão os conduzindo bem, dentro e fora de campo.

As derrotas virão, não há dúvida. O importante é que são cidadãos do bem. No fim, todos são vitoriosos.

Uma salva de palmas para todos que conseguem entender que adversário não é o mesmo que inimigo.

Uma boa leitura a todos!

Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close