LutasPrincipais

Ele quer ganhar o mundo

Pedro Barbosa, 13 anos, sonha se tornar um lutador de UFC e dar muito orgulho ao DF

O sonho de se tornar um grande atleta está vivo para o garoto Pedro Henrique Alves Barbosa, 13 anos. Lutador da arte marcial indiana Jiu Jitsu há três anos, ele já garantiu inúmeras vitórias em pouco tempo que atuou pela categoria Infanto-juvenil. Ao todo já são 42 medalhas conquistadas.
Apaixonado por esportes desde pequeno, Pedrinho Speed, como é conhecido no tatame, pratica também MMA, Boxe e Judô. Atualmente, conta com inúmeros patrocinadores que acreditam no seu potencial não só como atleta, mas também como ser humano.
Obstáculos para o lutador somente os adversários, mas ele não se intimida. “Às vezes, tenho que competir com meninos mais velhos do que eu e, até mesmo maiores, mas não tenho medo, tenho que encarar”. O jovem treina durante a semana em duas academias, a Cei Jiu Jitsu e a Team Nogueira em Taguatinga Sul.
Pedrinho tem muitos sonhos pela frente ainda. Seu principal objetivo é se tornar um grande atleta de UFC (Ultimate Fighting Championship). A modalidade faz parte de uma organização americana de artes marciais mistas, conhecidas por MMA no mundo todo. O garoto se espelha no lutador brasileiro José Aldo. O atleta foi consagrado no ano de 2010 com o prêmio World MMA Awards, tornando-se então o primeiro campeão dos Pesos Pena do UFC, desde então se tornou fonte de inspiração para vários atletas.
É com o apoio da família que o garoto segue o sonho de se tornar um atleta profissional de renome. Ele garante que para ser vitorioso, é necessário confiança em si próprio e jamais desistir do que gosta. Para finalizar, ele deixa uma mensagem para quem já teve de encarar alguma barreira ou dificuldade na vida, “Seguir em frente e não desistir jamais”, aposta Pedrinho Speed.
Simpático, educado e um atleta muito dedicado, Pedrinho também sabe reconhecer a ajuda que recebe de seus parceiros. “Agradeço demais ao jornal ViverSports; à Drogaria Vida Farma; à Lanchonete Tiro Certo; à Laylana Calçados; à Perfect Nutry Nutrição Esportiva; ao Victor Floreste e ao Adriel, da empresa São José; também à Emile, da Team Nogueira; e ao mestre Claudio Careca, da Cei Jiu Jitsu”.

Desafios
Para este ano, várias competições estão na programação do atleta, como os campeonatos do DF, o Brasileiro, em São Paulo; o campeonato de Goiânia; e o Mundial. Além desses, ele está se preparando para participar do campeonato em Abu Dhabi. “Para isso, precisamos de patrocínio, porque é muito difícil custear todas as despesas das competições, viagens e hospedagens”, comenta o pai, Paulo Barbosa.
Fica aqui a torcida para que esse jovem atleta conquiste mais medalhes e almeje o que tanto sonha, que é chegar ao UFC. Se depender de sua preparação e dedicação, com certeza ele ainda dará muito orgulho aos brasilienses.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close