Futebol

Esquenta a briga pela Prefeitura do Cruzeiro

Clique para ampliar

Alguns nomes que compõem a Chapa 2 (InovAção) na disputa pela Prefeitura Comunitária do Cruzeiro Novo.

Prefeito: Berg

Rosemberg Leite (Berg), comerciante, morador do Cruzeiro Novo há 30 anos. É delegado do Orçamento Participativo; presidente do Sindicato dos Quiosques, Traillers e Similares na área do Cruzeiro, Sudoeste e Octogonal, com participação na criação da lei de regularização da categoria. Deseja estar à frente da prefeitura para atender as reivindicações e necessidades dos moradores e comerciantes da cidade.

Vice-prefeito: Hudson

Hudson Cunha, 63 anos, morador do Cruzeiro há 13 anos. Advogado, economista e professor de matemática. Sua expectativa é que chapa represente uma possibilidade de resgate do espírito comunitário da população do Cruzeiro Novo e uma oportunidade de unir pessoas de ambos os gêneros e de várias gerações na defesa dos reais e legítimos interesses da comunidade cruzeirense.

Social e Esporte: Olímpia

Olímpia Campos Soares, 58 anos, é servidora pública aposentada. Mora há 32 anos no Cruzeiro e espera promover mudanças na comunidade, por meio de uma prefeitura transparente, que realmente trabalhe para a comunidade, sem interesses partidários.

1º Secretário: Pardal

Edilson Menezes dos Santos, 35 anos, solteiro, comerciante. Morador do Cruzeiro há 32 anos. Conhecido e conhecedor da vida cruzeirense. Nunca teve pretensões políticas, mas acredita que ficar de fora não ajuda em nada. Para ele, o cidadão deve se inteirar mais de seus direitos e não ficar apenas esperando promessas que não são cumpridas. Se não houver essa participação, o descaso com a comunidade continuará.

2º Secretário: Wanderley

Wanderley Chagas está no Cruzeiro Novo há mais de 30 anos. Após ser aprovado em concurso público, no Rio de Janeiro, em 1978, e com a transferência da administração federal para o Centro-Oeste, firmou moradia no Cruzeiro, em 1979, onde está até a atual data. Formado em Pedagogia e em Direito, trabalha no Complexo Cultural da Imprensa Nacional.

Conselho Fiscal: Magali

Magali Custódio, 44 anos, professora há 22 anos no Colégio Ciman, reside no Cruzeiro desde 1975. Mãe de três filhos, ela acredita na possibilidade de uma comunidade mais ativa e participante, que prioriza uma educação de qualidade, saúde e segurança. Os movimentos musicais e teatrais acoplados a uma educação de qualidade devem ser a base na construção de uma sociedade mais consciente e participativa.

Comunicação: Alexandre

Alexandre Ferraz, 32 anos, sócio proprietário do Jornal Infocruzeiro; presidente do Orçamento Participativo no período de 2011 a 2012; presidente do Bloco Carnavalesco Cachorrão. Luta eleição de uma chapa realmente comunitária para a Prefeitura Comunitária do Cruzeiro Novo, composta por moradores que amem a região administrativa.

Tesoureiro: Celso

Celso Rodrigues, 83 anos, militar da reserva, 24 anos residente no Cruzeiro Novo. Há anos luta por melhores condições de vida, mercado e trabalho no Cruzeiro. Fez parte do grupo que batalhou pela conquista da Administração do Cruzeiro, lutou pelas grades e pela manutenção das mesmas.

2º Tesoureiro: Rodrigo

Rodrigo Rodrigues Costa e Lima, 35 anos, professor e, atualmente, é diretor do Sindicato dos Professores (Sinpro). Morador do Cruzeiro Novo, desde 1990, acredita que a Chapa 2 será, de fato, um instrumento de verdadeira representação dos moradores da região e que muitos debates reforçarão a importância de uma prefeitura comunitária.

Suplente: Marcelo

Marcelo Gonçalves Virgínio, 39 anos, é gestor e servidor público. Nasceu e foi criado no Cruzeiro Novo e é diretor do Sindsaúde. Espera unir o trabalho e compromisso de todos os integrantes para levar a comunidade a ações positivas para todos os moradores, com transparência.

Votação

As eleições para a Prefeitura Comunitária do Cruzeiro serão no sábado (11), das 9h às 17h. As urnas estarão no Quadradão (1205/1.303; SuperMaia; Escola Classe 06 e na Feira Permanente do Cruzeiro
Quem pode votar? Todos os moradores do Cruzeiro Novo (a partir de 16 anos) – inclusive inquilinos – e ou proprietários de imóveis e todos os membros da família; assim como pessoas que trabalhem na região. Para votar é preciso estar com o título de eleitor e um documento de identidade com foto. Os moradores devem levar comprovante de endereço e/ou escritura do imóvel. Trabalhadores precisam comprovar, com a CTPS, que trabalha na região administrativa.

 

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close