Lutas

Abertas as inscrições para o Pan de jiu-jitsu em Brasília

As inscrições para o Pan-Americano de Jiu-Jitsu vão até o dia 21 deste mês, às 18h. O evento, organizado pela Federação Brasiliense de Jiu-Jitsu e a Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo, em parceria com o Brasília Lutas, será disputado nos dias 28, 29 e 30 de outubro, no Ginásio Nilson Nelson.

O valor das inscrições varia entre R$ 60 e R$ 130, de acordo com a categoria, e deve ser depositado exclusivamente nas agências do Banco do Brasil, Itaú e Caixa Econômica. Após o deposito, o atleta deve ainda enviar o comprovante junto à ficha de inscrição, disponível no site: www.cbjje.com.br, via fax nos telefones: (61) 3046-3791 e 3964-9986.

Todos os inscritos ganharão uma camiseta do evento. Serão premiados o 1°, 2° e os dois 3° colocados com medalhas personalizadas e troféus por equipe para o 1°, 2° e 3° colocados. Também haverá premiações de carro, moto, netbook e TV de 42 polegadas para a categoria Absoluto. A entrada para o público será franca. Mais informações com a Federação de Jiu-Jitsu Esportivo do DF: (61) 3964-9986 ou 3046-3791.

 

Jovem promessa de Ceilândia

Treinando há dois anos, Lucas dos Santos, 19, ja é considerado por muitos um campeão de jiu-jitsu. Não apenas por ser novo no esporte que pratica, mas pela sua força e dedicação durante os treinos, que ocorrem três vezes por semana, na Academia CEI Jiu-Jitsu, em Ceilândia.

Prova de tanto esforço são as 28 medalhas que ele coleciona em 29 competições. Ou seja, até agora, só perdeu um campeonato. O treinador, Cláudio Careca, como é conhecido pelos alunos e por amigos, é puro sorriso. “Sinto-me orgulhoso por treinar um jovem tão talentoso como Lucas dos Santos”, revela.

Como todo o campeonato, agora também é muito importante que Lucas esteja em excelentes condições físicas e psicológicas. Ele está se preparando para o Pan-Americano, que será realizado no fim deste mês, no Ginásio Nilson Nelson.

O trabalho e a concentração são intensos, mas não fazem com que o jovem pense em desistir do esporte que tanto ama. Muito pelo contrário. É mais um estímulo para conseguir conquistar seus objetivos. E o lutador ainda arranja forças e tempo para se dedicar aos estudos.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close