EditorialFutebolFutsal

Febrasa promove competição com o mais alto nível do futsal do DF

Nem todos os esportistas do Distrito Federal acompanharam a série de reportagens que foram publicadas pelo jornal Viver Sports  no segundo semestre do ano passado e que trouxe à tona várias irregularidades que quase inviabilizaram a Federação Brasiliense de Futebol de Salão (Febrasa), mas quem quiser conferir três das principais, seguem os links:

Crise sem precedente na Febrasa

Uma federação e várias interrogações

Febrasa: novela sem fim

Ainda não é possível deixar de falar no assunto, porque até hoje os associados tentam dar  vida à entidade e tirá-la do lamaçal que Weber Magalhães, Adão Nunes,  Arati Antunes e cia. a colocaram.

Contudo, quero falar da Taça Brasília de Futsal (categorias Adulto Masculino e Feminino), evento organizado pela Febrasa, sob nova direção, que começou no sábado (2/4), e trouxe de volta o brilho no olhar de jogadores e comissões técnicas.

A rodada inaugural do Masculino ocorreu no ginásio da Portuguesa (2/4) e a segunda foi realizada juntamente com a abertura da categoria Feminina, no ginásio da AABB. Talvez seja difícil passar em poucas palavras o que o futsal significa para esses verdadeiros guerreiros do Distrito Federal, mas tentarei.

Nas duas ocasiões (abertura do Masculino e no pontapé  da Feminino), o semblante dos atletas transmitia satisfação, orgulho, disposição e, acima de tudo, a esperança de que o futsal seja tratado com respeito, afinal, meia dúzia de pessoas mal intencionadas não pode ser mais forte que toda a comunidade salonista e, principalmente, os associados que lutam pelo bem da Febrasa.

Em 2015, praticamente não houve competições da federação. No final de novembro ocorreu um evento, mas apenas com três times. As equipes ainda estavam desconfiadas, mas foi suficiente para começar a mostrar que é possível recuperar a federação e fazer com que ela ande nos trilhos.

Quem esteve nos ginásios da Portuguesa e da AABB  com certeza sentiu essa energia positiva com toques mágicos que fizeram com que os atletas, que tão pouco sabem sobre o ocorrido, pudessem se confraternizar em quadra.

Quero aqui parabenizar os novos gestores, em especial o presidente da Febrasa, Carlos Roberto Morales, embora não tenha comparecido ainda a nenhuma rodada (tudo bem que só foram duas). Assim como também deixo os parabéns aos atletas e a todos os membros de clubes associados que estão fazendo muito bonito. O futsal de Brasília merece esse empenho.

No dia 7/4, recebemos no estúdio da rádio www.dffm.com.br os atletas Fábio Pimenta, goleiro do Viga’s/Amigão da Construção, Marquinhos, do Sest Senat e o representante de sua equipe, Marcus Vinícius. O bate-papo foi em alto nível e os convidados confirmaram ao vivo que realmente estavam radiantes por estarem retomando as competições da Febrasa.

Quase todos participam de outros eventos esportivos realizados em todo o DF, mas ver a Febrasa retomar sua rotina, para eles e para todos nós, foi um grande alívio e uma sensação muito boa de que se todos unirem forças várias outras competições de nível serão organizadas pela entidade e trarão a mesma sensação a inúmeros outros apaixonados pelo futsal.

Os problemas ainda não acabaram, mas uma coisa ficou clara: agora todos sabem da força da Febrasa.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close