EsportesLutasPrincipais

Fera do Jiu-Jitsu visa novos desafios

diegoDiego Almeida começou o ano a mil. Este mês, já participou de uma competição internacional e segue com promessa de novas conquistas

U ma das principais apostas do Jiu-Jitsu de Brasília, Diego Almeida, 18 anos, vem fazendo bonito na modalidade e colocando o Distrito Federal no cenário nacional e internacional. O jovem atleta luta desde os 15 anos e integra a Academia Cei Jiu-Jitsu, do professor Cláudio Careca, por quem tem carinho e respeito pelo trabalho desenvolvido junto à comunidade e também com os atletas de ponta.

Diego Almeida coleciona conquistas nesses três anos de dedicação à modalidade. Em 2013, foi bicampeão brasiliense (FJJB); vice no brasileiro por equipes, no Rio de Janeiro; campeão do ranking faixa azul médio (FJJB); 3º colocado no absoluto e categoria (Floripa Open – CBJJ); campeão da 2ª Copa Brazlândia de Jiu-Jitsu; e campeão da 3ª etapa do Campeonato Goiano de Jiu-Jitsu.

Preparação

O atleta está firme na preparação. Ele participou do Campeonato Europeu Open (IBJJF), em Portugal, entre os dias 23 e 26 deste mês. Não obteve um bom resultado, mas nada desestimula o guerreiro.

Segundo ele, não é fácil contar com patrocínios e apoio, mas faz questão de agradecer a todos que o acompanham: “Quero agradecer a Deus, à minha família e todos os meus amigos e parceiros de treino, pois devo muito a eles”.

Diego faz sua preparação física na Arena Crossfit Gladium, que fica em Vicente Pires, na EPTG. Ele ganhou bolsa de 100%, doada pelo proprietário da Academia, Diego Vasconcelos. “As empresas deveriam abrir mais as portas e acreditar nos atletas. Brasília tem potencial e nós precisamos desse apoio”.

Mesmo com todas as dificuldades, ele faz questão de agradecer o apoio recebido: “Agradeço demais à Corpo Absoluto Nutrição Esportiva; à Dra. Sabrina Cavalcanty, nutricionista esportiva; ao Point do Pastel (Wesley); à Tiara Kadim, que é uma peça fundamental; à Cantina Di Roma Pizzaria; à Crossfit Gladium; ao jornal ViverSports, ao secretário de Esporte do DF, Julio Ribeiro; e em especial, ao meu mestre Claudio Careca, que é a pessoa que mais acredita em mim”; e à VHTS, que me patrocina com os kimonos”, lista o atleta.

De acordo com Diego, diante das dificuldades, às vezes pensa em parar, mas Claudio Careca o sustenta firme. “Ele me dá base, abre novos horizontes no esporte e, principalmente, no Jiu-Jitsu. Devo muito a ele”.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close