Esportes

Flamengo segue invicto na Arena de Brasília

Mais de 44 mil pessoas assistiram o empate do Flamengo com o São Paulo, neste domingo (18), no Estádio Mané Garrincha. Copa2014.gov.br
Mais de 44 mil pessoas assistiram o empate do Flamengo com o São Paulo, neste domingo (18), no Estádio Mané Garrincha. Copa2014.gov.br

Flamengo segue invicto no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Neste domingo (18), o rubro-negro enfrentou o São Paulo, pela 15ª rodada do Brasileirão. E a torcida brasiliense mostrou que continua prestigiando os jogos na arena. Com mais de 44 mil pagantes e renda de R$ 2.713.965,00, a partida superou o público dos últimos três jogos no estádio. Com mais está marca, o Mané Garrincha continua recebendo público acima da média dos maiores estádios brasileiros no campeonato.

“O estádio está se consolidando a cada jogo. O brasiliense vem mostrando que nossa cidade é a capital de todas as torcidas e que o Mané Garrincha já está trazendo benefícios para toda a população. Temos a maior média de público em jogos do Brasileirão, o que confirma que a arena já tem se transformado em um ponto de encontro para os brasilienses e um monumento que gera não apenas diversão e contemplação, mas também emprego e renda, e, consequentemente, desenvolvimento econômico e social para todo o Distrito Federal”, destacou o secretário extraordinário da Copa, Claudio Monteiro.

Ela é flamenguista. Ele, são paulino. O casamento já dura seis anos e hoje os dois vieram juntos ao Mané Garrincha para torcer, lado a lado, pelos seus times. “Nossa paixão por times diferentes não atrapalha o nosso amor um pelo outro. E por isso viemos hoje ao estádio, pela primeira vez, para conhecer e torcer”, contou Daniela Tereza da Silva, 39 anos. O marido, o corretor de seguros Felipe Florêncio, de 26 anos, destacou a beleza do Mané Garrincha. “Está realmente muito bonito. É bom poder ver assim, de perto. E foi muito fácil chegar. O acesso está tranquilo”, completou.

“Brasília estava precisando de um estádio como esse. Estava fazendo falta”. Está é a avaliação do servidor público Pedro Henrique Martins, de 24 anos. Torcedor do Flamengo, Pedro já foi a quase todos os jogos do time no Mané Garrincha, acompanhado dos amigos e colegas de trabalho Maicon Zota, 29 anos, e Júlio Mota, 31 anos. “Viemos para quase todos os jogos do Flamengo aqui no Mané Garrincha. O acesso está muito bom, tudo tranquilo. Quero vir mais vezes. Para mim, o futebol é a atividade principal do estádio e Brasília está mostrando que tem público para futebol”, constatou Júlio.

O Farmacêutico Luiz Fernando Felber, 35 anos, estava com o filho, Arthur Felber, 6 anos. Ambos torcedores do São Paulo, os dois estavam muitos felizes em finalmente assistirem o time dentro do estádio. “Esta é nossa primeira vez aqui no Mané Garrincha. E como ele vai fazer sete anos na próxima semana, quis trazê-lo para ver o time do coração em campo. Este é o presente de aniversário dele”, afirmou o pai orgulhoso. “O estádio é maravilhoso. Só tinha visto pela televisão e ver assim, de perto, é bem mais bonito. Estou sem palavras. Quero vir mais vezes, se o São Paulo vier jogar novamente aqui em Brasília. E acho que, só pelo futebol, já valeu a pena construir esse Mané Garrincha. Com os outros eventos será ainda melhor”, finalizou.

E na Arena de Brasília, os clubes carioca e paulista protagonizaram uma grande disputa, até o último minuto da partida. O equilíbrio dentro de campo ficou marcado no placar do jogo: 0 x 0. Treze minutos após o apito final, todos os torcedores já haviam deixado o estádio com tranquilidade.

O Flamengo retorna ao Mané Garrincha no próximo sábado (24), contra a equipe do Grêmio, pelo Brasileirão. Antes disso, o rubro-negro enfrenta, na quarta-feira (21), o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Ao todo, o time carioca já disputou seis partidas na nova Arena de Brasília, considerada a segunda casa do Flamengo. Fonte: gdf.copadomundo

 

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close