Share

Focus chega ao Brasil com novidades

2013 Ford FocusDepois de três anos de espera, a terceira geração chegou ao Brasil nas versões sedã e hatch

O design é um dos pontos mais fortes do novo Focus. Mais alinhado e atraente, o carro foi desenhado com linhas ascendentes, aspecto acentuado pelos novos faróis dianteiros mais espichados e pela profusão de vincos na carroceria.

As lanternas traseiras desceram para o meio da dianteira e ganharam um formato triangular e mais horizontal. A versão Titanium é possui faróis de xênon e luzes diurnas de led.

O novo hatch ganhou 11 cm no comprimento (4,36 m), mas perdeu 2 cm na largura (1,82) e 1 cm na altura (1,48 m). A distância entre-eixos, no entanto é a mesma: 2,65 m. Sendo assim, quase não houve mudança em relação ao espaço interno. O porta-malas também ficou um pouco menor: reduziu de 328 litros para 316 litros.

Mesmo com as poucas mudanças internas, é possível perceber que em termos de acabamento, o carro está mais refinado. Bancos e volante em couro e o quadro de instrumentos segue a mesma receita do modelo anterior, mas foi atualizado. Com a nova versão, a telinha que exibe as informações do computador de bordo é colorida e os ponteiros de velocímetro e hodômetro são azuis. Além disso, o material espumado usado em todo painel do carro é perceptível ao toque por sua maciez.

Em se falando em conforto, também há mudanças significativas quanto à posição do volante, por exemplo. O banco do motorista possui ajustes elétricos amplos e são realmente envolventes. Há regulagem para altura e profundidade do volante. Toda a cabine foi projetada para priorizar o conforto do motorista, que tem no volante os comandos de todo o sistema de som e também do telefone. Também há um bom isolamento acústico. Segundo a Ford, o nível de ruído melhorou cerca de 20%.

Dirigibilidade

A direção hidráulica passou a ser elétrica e progressiva, que enrijece à medida que o velocímetro sobe. E ele sobe rápido quando você está ao volante da versão 2.0 Duratec de 178 cv com câmbio sequencial Powershift.

As trocas da transmissão automatizada de dupla embreagem e seis velocidades da Ford são extremamente suaves e respondem de forma instantânea às mudanças de velocidade.

A estabilidade do carro também é outro item a ser destacado, principalmente nas curvas. A suspensão independente mostrou boa absorção das superfícies irregulares e pouca vibração a bordo. Os freios a disco nas quatro rodas estão prontos para responder a qualquer pisada sutil no pedal.

Preços e versões

O novo Focus subiu alguns degraus na tabela de preços. Os valores partem de R$ 60.990, para a versão S com o novo motor 1.6 Sigma de 131/135 cv e câmbio manual de cinco velocidades (equipada com airbag duplo, sistema Sync com tela de 3,5 polegadas, freios ABS com EBD e rodas de liga leve de 16 polegadase) e chegam a R$ 79.990.

Na configuração topo de linha Titanium Plus adiciona faróis de xenon, luzes diurnas de LED e faróis auxiliares em curva, teto solar elétrico e sistema de estacionamento automático, o valor salta para R$ 87.990. O preço apesar de bem mais salgado que o da versão anterior está balizado com o da concorrência.

Deixe um comentário