EsportesFutebolPrincipais

Grupo discute melhorias para o futebol feminino

Reunio_do_Futebol_Feminino-433x436Desde dezembro de 2011, o Ministério do Esporte está estruturando a modalidade, que ainda é carente de políticas públicas 

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, está atento com o futebol feminino. Em dezembro de 2011, ele empossou como coordenadora de Futebol Feminino a ex-jogadora da Seleção Brasileira Michael Jackson. Em fevereiro de 2012, criou um grupo de trabalho para discutir soluções e buscar melhorias para a modalidade.

Desde então, o Ministério do Esporte possibilitou a realização de duas Copas Libertadores da América de Futebol Feminino no Brasil. A primeira, em 2012, realizada em Pernambuco. A segunda, após articulação da Secretaria de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), a competição voltou a ser disputada no país. A cidade de Foz do Iguaçu (PR) foi a sede desta última edição, que teve o São José (SP) como campeão.

Outra grande conquista para a modalidade no país foi a realização, em 2013, do Campeonato Brasileiro, que teve sua última edição em 2001. O torneio contou com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e o apoio do Ministério do Esporte.

Além disso, o ministério do Esporte também fortalece a formação de base da categoria e investe na realização de campeonatos escolares sub-17.

Avanço

Em fevereiro deste ano, foi lançada a Pedra Fundamental do Centro de Excelência de Futebol Feminino, que será construído em Foz do Iguaçu, no Paraná. O projeto foi aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close