Share

Mais ônibus em Brasília

Expresso São José afirma que todos os 576 veículos de sua responsabilidade estarão em circulação em até 120 dias. Foto: Agência Brasília
Expresso São José afirma que todos os 576 veículos de sua responsabilidade estarão em circulação em até 120 dias. Foto: Agência Brasília

A cada 15 dias 20 novos ônibus da Expresso São José entrarão em circulação no DF – com previsão de entrega total da frota de 576 veículos – em no máximo 120 dias, segundo informações da empresa, hoje, durante solenidade de entrega de 50 carros que começarão a rodar amanhã na Estrutural.

“Até o momento recebemos 100 ônibus e, em duas semanas, a cidade de Brazlândia será, provavelmente, a próxima beneficiada. Ao todo, serão 467 ônibus básicos, 68 minis e 48 articulados que estarão em plena circulação em no máximo 120 dias”, informou o diretor da Expresso São Jose, Luciano Lopes.

A próxima empresa a entrar em operação será a Pioneira, que a partir de julho trabalhará com 640 novos veículos e, de acordo com o diretor-técnico do DFTrans, Lúcio Lima, o cronograma de entrega será definido em reunião marcada para amanhã.

De acordo com Lima, durante a transição do sistema de transporte velho para o novo, as linhas, os itinerários e os horários permanecerão os mesmos e a única mudança será a introdução de novos ônibus.

“Esse processo será lento e gradual. Quando todos os 2,6 mil novos ônibus estiverem em circulação nas ruas, até começo de dezembro, o sistema estará em pleno funcionamento, até mesmo a nova tecnologia”, afirmou o diretor-técnico.

Durante a entrega dos 50 veículos hoje – entre efetivos e reservas – o governador Agnelo Queiroz reafirmou o compromisso de que todos os rodoviários estarão seguros em seus empregos e que a tarifa permanecerá a mesma.

“Além de não pretendermos aumentar o valor da tarifa, os usuários pagarão até menos por elas, pois com o sistema de integração, será um único valor para chegar até o destino”, afirmou Agnelo.

Ele afirmou ainda que está investindo não só na renovação da frota, como também, na área de mobilidade urbana como um todo, com a reforma dos terminais rodoviários, pavimentação de 60% da malha viária do DF, além de outras medidas.

 

Expresso DF – O governador anunciou ainda que assinou na última quarta-feira (26), com a Caixa Econômica Federal, documento que garante recursos para a construção do Expresso DF Oeste, que será construído assim que terminar o Expresso DF Sul.

 

O sistema terá cerca de 43 km de extensão de corredores exclusivos, vai utilizar veículos articulados, com capacidade para cerca de 160 passageiros e o tempo de viagem, que hoje é de 90 minutos, deve ser reduzido para 40 minutos.

 

Ao longo do percurso, serão instaladas 15 estações com embarque em nível e 15 passarelas para maior segurança dos usuários e o projeto também contempla terminais de integração com os ônibus convencionais e metrô. Fonte: Agência Brasília

 

 

Deixe um comentário