EsportesFutsalPrincipais

Minas Icesp usa título no campo como incentivo para fase final da Copa do Brasil de Futsal

Equipe fez história ao conquistar Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino, e espera triunfar também nas quadras. Taboão da Serra (SP) será o adversário da semifinal

Augusto Fernandes
Especial para o Viver Sports

Uma das potências do futsal feminino do Distrito Federal, o Minas Icesp tem levado o sucesso nos campeonatos de Brasília para os certames nacionais. Neste ano, logo na sua primeira participação na Copa do Brasil da modalidade, já aparece entre as quatro melhores equipes do torneio. Com 100% de aproveitamento, o ataque mais positivo e duas das principais artilheiras da competição, as brasilienses começam a sonhar alto, e querem repetir dentro de quadra o que conseguiram nos gramados.

Na quinta-feira (12/7), as Minas se tornaram o primeiro time de futebol feminino de Brasília a levantar a taça de um campeonato nacional. Após derrotarem o Vitória (BA), nos pênaltis, o Minas Icesp sagrou-se campeão da Série A2 do Campeonato Brasileiro. Na história do futebol do DF, apenas Gama e Brasiliense, com as equipes masculinas, haviam conseguido triunfar em competições nacionais.

Agora, com o foco voltado para o futsal, o elenco chega ainda mais fortalecido para a semifinal da Copa do Brasil. “Nos dá ainda mais credibilidade, e ao mesmo tempo, aumenta a nossa responsabilidade. Foi um feito inédito para Brasília, e também para nós. Somos uma equipe jovem, mas que trabalhou bastante. Chegamos até esse título por mérito. Sem dúvidas, a confiança para conquistar a Copa do Brasil de Futsal é maior”, destacou a dirigente do Minas Icesp, Nayeri Albuquerque.

Na semifinal, as brasilienses enfrentarão o Taboão da Serra (SP). A Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) ainda não definiu as datas dos jogos de ida e volta, mas a tendência é de que eles ocorram em 3 e 28 de agosto, respectivamente, com o Ginásio do Cruzeiro recebendo a segunda partida.

Em 2017, os dois clubes disputaram uma vaga na final dos Jogos Universitários Brasileiros (Jubs). O Taboão da Serra levou a melhor, eliminando a equipe candanga por 2 a 0, na prorrogação. Segundo Nayeri, os dois duelos na Copa do Brasil deste ano tendem a ser complicados. “O Taboão da Serra é um time de alto nível e bastante qualificado, que entra em todas as competições para vencer. É o atual campeão da 1ª divisão da Taça Brasil e vice-campeão do Jubs”, lembrou. No entanto, ela confia no potencial do Minas Icesp.

“No ano passado, fizemos uma partida equilibrada, e perdemos nos detalhes. Acredito que os dois times estão equiparados. Além disso, na Copa do Brasil, teremos à disposição todas as jogadoras com mais de 25 anos, diferente do Jubs, quando só podíamos usar duas atletas. Tenho certeza que essas jogadoras nos ajudarão”, ressaltou Nayeri.

Sem favoritismo

Mesmo com quatro vitórias em quatro jogos e 24 gols marcados, o elenco do Minas Icesp rechaça o posto de favorita ao título da Copa do Brasil. “O nosso objetivo era fazer uma boa competição, e por enquanto, estamos conseguindo. Mas temos que manter os pés no chão. Ainda somos um time novo”, destacou a goleira e capitã, Letícia Có.

Apesar disso, a possibilidade de conquistar mais um título nacional para o Distrito Federal anima as jogadoras do Minas Icesp. “É uma honra defender Brasília, e levar o nome da nossa cidade pelo país afora. Todas as atletas do nosso time são do Distrito Federal, o que mostra que temos um esporte de qualidade. Estamos acreditando que é possível conquistar essa Copa, e vamos trabalhar para isso”, garantiu Letícia.

Para o duelo contra o Taboão da Serra, a goleira celebrou a chance de jogar a partida de volta em casa. 20 dos 24 gols que o Minas Icesp marcou na Copa do Brasil foram no Ginásio do Cruzeiro. De acordo com Letícia, o mando de quadra pode fazer a diferença. “Será um ponto fundamental decidir em casa. Nós conhecemos muito bem o Ginásio do Cruzeiro, e o time sente muita confiança quando joga lá. Sem falar que teremos o apoio da torcida e da família, que comparecem em todas as partidas. Teremos um incentivo a mais”, apontou.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close