Share

Novo plano vai investir R$ 1 bilhão em esportes olímpicos e paralímpicos para Jogos de 2016

www.esporte.df.gov.br/DivulgaçãoO Plano Brasil Medalhas 2016, que visa novos investimentos e uma série de medidas para o desenvolvimento de modalidades olímpicas e paralímpicas, foi lançado pela presidente da República Dilma Rousseff e pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, nesta quinta-feira (13). O secretário de Esporte, Célio René, e o adjunto Julio Ribeiro estiveram no lançamento do programa, que ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Planalto.

O plano vai investir R$ 1 bilhão até 2016 na preparação de atletas e equipes multidisciplinares, e também na construção de centros de treinamento, compra de equipamentos esportivos e assinatura de convênios com Confederações para desenvolvimento de modalidades olímpicas e paralímpicas. Um dos objetivos do pacote é melhorar a colocação do Brasil no quadro de medalhas dos jogos Olimpícos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. A ideia é que o país esteja entre os 10 primeiros nas Olimpíadas e entre os cinco primeiros nas Paralimpíadas.

Para o secretário Célio René, é muito importante que o país prepare um grande número de atletas e paratletas para subir ao pódio em 2016. “É um enorme passo trabalharmos para transformar os talentos do esporte em campeões olímpicos e paralímpicos, principalmente em 2016, o ano em que o Brasil vai receber os Jogos”, disse.

“Estamos participando de um momento histórico para o esporte brasileiro. Em 2016, o desempenho dos nossos atletas e paratletas vai ser muito melhor”, disse o secretário-adjunto de Esporte, Julio Ribeiro.

Todos os atletas brasileiros que competiram nas Olimpíadas e nas Paralimpíadas de Londres 2012, e os presidentes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Andrew Parsons, participaram do lançamento. (www.esporte.df.gov.br)

Deixe um comentário