2013Editorial

O pódio é para os determinados

Kátia Sleide (Editora-chefe)
Kátia Sleide
(Editora-chefe)

Praticar esporte requer, acima de tudo, muita determinação. Não apenas para treinar, mas para querer estar no topo dos gloriosos, que é o lugar mais alto do pódio. Cansamos de ver isso em várias modalidades e sempre nos deparamos com histórias de superação, dedicação e muita força de vontade.

Nesta semana, trouxemos dois lindos relatos de dois atletas cobertos de tanta determinação, que enchen de orgulho qualquer brasiliense. Primeiro, vamos falar de Mariangela Araújo, mais conhecida por Mari Jow. A atleta foi a Bacu, na República do Azerbaijão, mostrar que a capoeira é verde e amarela. Que em um mundial, mesmo ocorrido tão distante do Brasil, não tinha bandeira melhor para estar no mastro mais alto que a do nosso país. E ela foi a pessoa que correu atrás do sonho e que fez acontecer.

Quando conversamos sobre sua conquista, ficou mais que evidente que a determinação foi o ponto forte para que ela chegasse onde chegou. Claro, coragem e a vontade de ouvir, com orgulho, o Hino Nacional e estando com uma medalha de ouro estampada no peito também contribuíram e muito para a vitória de Mari Jow.

O outro caso traz a história do lutador de Jiu Jitsu Diego Almeida, que vem colecionando medalhas na modalidade e sonha participar de competições de alto nível para elevar ainda mais o nome da capital federal.

Diego é um rapaz jovem, morador do Recanto das Emas e que não mede esforços para conseguir patrocínio para continuar encantando no tablado. E a cada vez que sobre no ringue, é um misto de emoção e a certeza de que está ali dando o melhor de si.

O melhor de tudo é que estas duas histórias se encontram nesta edição e fazemos questão de exaltá-las, pois ambos são de uma determinação tamanha que conseguem passar adiante, contaminam quem está por perto. O mais gostoso de contar essas duas histórias é que nessas pautas da vida, por um acaso, os Mari Jow e Diego se encontram com nossa equipe e foi muito bacana perceber o respeito mútuo, o orgulho que sentem pela conquista um do outro. Parabéns, atletas!

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close