Cidades

Melhor idade: veteranos viajam 2 mil km de bicicleta

Eles partiram no dia 7 de junho do Gama e seguiram rumo a João Pessoa com o objetivo de incentivar o esporte na terceira idade. Foto: Agência Brasília
Eles partiram no dia 7 de junho do Gama e seguiram rumo a João Pessoa com o objetivo de incentivar o esporte na terceira idade. Foto: Agência Brasília

A superação de limites foi o combustível que os dois aposentados de mais de 60 anos de idade levaram em suas bagagens para finalizarem o percurso de 2.279Km – completados hoje, às 11h40 – em cima de bicicletas, entre o Gama (DF) e João Pessoa (PB).

“Nosso objetivo é incentivar o esporte entre as pessoas da terceira idade e levantar a bandeira contra as drogas”, afirmou Wanderli Marques, 69 anos, que contou com seu colega Antônio Lopes, 61 anos, e com o apoio da Secretaria do Idoso.

Para conseguir completar o trajeto hoje, conforme planejaram, eles pedalaram entre 12 horas e 14 horas diárias, com a ajuda de vitaminas, alimentação balanceada e descanso. “Nossa parada era por volta das 18h30 e levantávamos às 6h, sempre fazendo quatro refeições para aguentarmos a jornada”, disse Lopes.

Nos 26 dias que passaram montados em seus veículos de duas rodas, a maior dificuldade que enfrentaram, segundo eles, foi o péssimo estado das estradas da Bahia que, em sua maioria, não tinham acostamentos para eles se preservarem de possíveis acidentes.

“Um caminhoneiro chegou a parar para nos xingar porque estávamos utilizando a margem da pista, mas preferimos não revidar porque somos da paz e sabemos que o problema está na infraestrutura”, afirmou Lopes.

A troca de oito câmaras de ar, dezenas de pneus furados e dois aros quebrados foi o saldo final de prejuízos mecânicos. “Na Bahia, tivemos que remendar pelo menos três vezes por dia os pneus, muitas delas utilizando a lanterna como única fonte de luz”, explicou Marques.

Cinco dias de chuva e o mesmo tempo com intoxicação alimentar depois de algo estragado que comeram na estrada também foram obstáculos que tiveram que superar, mas, segundo Marques, nada que passaram chegou a abalar o objetivo e “tudo foi amenizados pelas belas paisagens da região”.

Esta é a segunda viagem que os idosos, moradores do Núcleo Rural Recanto dos Buritis – Ponte Alta -, fazem juntos; a primeira foi em 2004, para São Paulo, e a próxima será para Bonfinópolis (MG), em setembro, na companhia de mais 15 ciclistas.

Os dois colegas, que partiram no dia 7 de junho do Gama e foram escoltados por batedores da Polícia Militar até Planaltina, levaram na bagagem barras de cereais, barracas de camping para dormirem, além de rapadura e carne seca para ajudar na alimentação.

Os aposentados agora ficam um tempo na capital paraíbana e ainda não sabem quando voltam para Brasília, dessa vez, em viagem de ônibus. Fonte: Agência Brasília

 

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close