Share

Parque da Cidade receberá reforma

Serão, ao todo, oito grandes obras, algumas com início previsto para novembro e todas com conclusão até junho de 2014
Serão, ao todo, oito grandes obras, algumas com início previsto para novembro e todas com conclusão até junho de 2014

Os principais equipamentos públicos do Parque da Cidade, como a pista de caminhada, a Praça das Fontes, o Parque Ana Lídia e o Castelinho, passarão por reforma -projeto sob coordenação da Casa Civil, orçado em R$25 milhões e com previsão de conclusão para junho de 2014.

“O governador Agnelo Queiroz determinou que o Parque da Cidade Sarah Kubitschek seja amplamente revitalizado, com a realização de oito obras de forte impacto no local”, declarou o secretário-chefe da pasta, Swedenberger Barbosa.

As primeiras obras serão a abertura de acesso à 912 Sul e a restauração do alambrado em todos os 42 mil m² do parque, intervenções que começarão em outubro e devem ficar prontas em até 30 dias.

Em novembro começa a construção da nova pista de caminhada, com 10km de extensão, para dividir o fluxo de pedestres e ciclistas que atualmente compartilham o mesmo espaço. O projeto foi aprovado em audiência pública e deve ser concluído até fevereiro de 2014.

As demais obras são a reforma dos parques Ana Lídia, Castelinho e infantis nº1 e nº2 e da Praça das Fontes, cinco projetos que estão em análise, mas com valores já estimados e expectativa de conclusão no primeiro semestre do próximo ano.

Na reforma dos quatro principais parques (Ana Lídia, Castelinho, 1 e 2), está prevista a criação de um circuito acessível a pessoas com deficiência com piso tátil, áreas emborrachadas e brinquedos adaptados. O anfiteatro do Ana Lídia ainda terá piso em madeira e uma arquibancada remodelada.

O projeto de restauração da Praça das Fontes prevê tanto a recuperação da infraestrutura física do local quanto a completa revitalização da estrutura de funcionamento das fontes.

Em todo o parque, serão instadas lixeiras para coleta seletiva, fontes aquáticas nas áreas de chuveiros, mais bebedouros e pergolados- um tipo de cobertura para melhorar o sombreamento em algumas áreas.

Além desses serviços, o Parque da Cidade terá melhor cobertura de iluminação pública –a CEB tem projeto pronto, orçado em cerca de R$5 milhões e com previsão de implantação até setembro deste ano.

ARTICULAÇÃO- A lista equipamentos públicos e itens de infraestrutura do parque que serão reformados começou a ser definida em abril, durante reunião da Casa Civil, responsável pelo planejamento das ações, com diversos órgãos do governo.

Também participam do plano de reforma do Parque da Cidade as secretarias de Esporte, Habitação, Obras, Segurança, Transporte, a Administração de Brasília, a administração do Parque, o Detran, a Novacap e a CEB. Fonte: Agência Brasília

 

Deixe um comentário