BrasíliaGinásticaModalidadesPrincipais

Parque de Exposições se prepara para receber treinamentos de ginástica

Fonte: Secretaria de Esporte e Lazer do DF

O Parque de Exposições do Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek receberá a partir do próximo ano as atividades de ginásticas artística e acrobática, que antes aconteciam ao lado do Ginásio Nilson Nelson. Sob responsabilidade da Secretaria de Esporte e Lazer, o espaço passará por adequações necessárias para que, em seguida, sejam instalados os equipamentos da Federação Brasiliense de Ginástica. As esportistas da modalidade estão com treinamentos presenciais interrompidos desde o início da pandemia de Covid-19.

“Sabemos da importância de um local adequado para a prática de qualquer modalidade esportiva. E queremos oferecer infraestrutura de treinamento para que nossos atletas possam apresentar a melhor performance em torneios e campeonatos. No Parque de Exposições, com espaço amplo e seguro, permitirá que os ginastas possam se empenhar com tranquilidade”, reforça a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão, que visitou o endereço para acompanhar de perto o início dos reparos.

O presidente da Federação Brasiliense de Ginástica, Marco Antonio Martins, também compareceu à visita técnica, acompanhado do treinador de ginástica artística Carlos Augusto Bezerra da Silva. Se antes os treinos eram interrompidos quando havia eventos no Ginásio Nilson Nelson, com a mudança para o Pavilhão de Exposições essa questão será sanada. Marco Antonio acredita que, dependendo da disposição do espaço, as equipes de ginástica rítmica poderão também se estabelecer no endereço.

A Federação Brasiliense de Ginástica, atualmente, contempla as modalidades artística, rítmica, acrobática, aeróbica e de trampolim. “Já conversei com o engenheiro da obra e tiramos todas as dúvidas sobre pisos certos, entre outras coisas. Tudo dando certo, o espaço vai atender bem nossa demanda e poderemos fazer eventos, como Brasileiro e Brasiliense”, explica Marco. Reformas dos banheiros e separação de espaços são algumas das adequações previstas para a área.

Atleta de ginástica acrobática, a jovem Paloma, de 13 anos, visitou o Parque de Exposições com o pai, Rodrigo Dias, para conhecer a futura instalação de treinamentos. Pela Associação de Ginástica Acrobática do Distrito Federal (Akros), ela segue treinando presencialmente uma vez por semana e os outros dias se dedica aos exercícios físicos para manter o condicionamento em alta performance. “Brasília e São Paulo são os maiores expoentes nacionais em termo de ginástica acrobática”, informa Dias.

BIANCA MOURA 

ASCOM-SEL 

Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close