Share

Paulo Autuori volta ao São Paulo

Técnico, que se desligou do Vasco por atrasos nos pagamentos, era o nome preferido da diretoria. Em 2005, ele ganhou Libertadores e Mundial. Foto:www.supervasco.com
Técnico, que se desligou do Vasco por atrasos nos pagamentos, era o nome preferido da diretoria. Em 2005, ele ganhou Libertadores e Mundial. Foto:www.supervasco.com

Quase oito anos depois de conquistar os títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes, Paulo Autuori está de volta ao São Paulo. O técnico acertou seu retorno após se desligar do Vasco, que não cumpriu o prazo dado a ele para regularizar pagamentos de salários. Ele era o nome preferido do presidente Juvenal Juvêncio, que demitiu Ney Franco depois da derrota para o Corinthians no primeiro jogo da Recopa. O acordo foi rápido, e o Tricolor só aguardava a assinatura do contrato para fazer o anúncio, o que aconteceu nesta quinta-feira. Ele será apresentado ainda nesta quinta e já comanda o treino no CT.

Essa foi a terceira vez que o Tricolor tentou trazer Autuori de volta desde sua saída no fim de 2005. Em 2011, o diretor de futebol Adalberto Baptista chegou a visitar o treinador no Rio de Janeiro quando Paulo César Carpegiani caiu, mas ele não conseguiu a liberação do Al-Rayyan, clube do Qatar onde trabalhava.

A demissão de Ney calhou com a insatisfação de Paulo Autuori no Vasco. Apesar do apelo de parte da torcida são-paulina, que gritou o nome de Muricy Ramalho nas derrotas para Goiás, Corinthians e Santos, Juvenal e Adalberto, que decidem o futebol do clube, sempre priorizaram o campeão mundial. Ele, por sua vez, também viu com bons olhos a chance de voltar ao Morumbi.

O novo comandante chega com aprovação de quem trabalhou com ele em 2005. É o caso, por exemplo, do goleiro Rogério Ceni, e de parte da comissão técnica, inclusive Milton Cruz, que comandou a equipe diante do Santos no último domingo. Em sua passagem anterior pelo São Paulo, Autuori estreou com uma goleada de 5 a 1 sobre o Corinthians, no Pacaembu. No dia 17, ele terá novamente o rival pela frente, no mesmo estádio, pela decisão da Recopa.

Foram 53 jogos disputados em 2005, com 25 vitórias, 11 empates e 17 derrotas. Fonte: globoesporte.globo.com

 

Deixe um comentário