FutsalPrincipais

Taguatinga bate a AJJR/APB e sagra-se campeão da Sub-11

Com vitória por 3 x 2, garotada fez a festa na final da Taça Brasília de Futsal. Evento foi marcado por visita ilustre de Sr. Cláudio da Luz

Kátia Sleide

Em jogo pra lá de eletrizante, a equipe do Taguatinga derrotou a AJJR/APB por 3 x 2 e conquistou o troféu de campeão da Taça Brasília de Futsal 2019 – categoria Sub-11 Masculina. O duelo decisivo ocorreu no ginásio do Cruzeiro, sábado (29), em clima festivo.

As duas equipes entraram em quadra com muita garra e de olho no troféu principal. Do lado de fora, a torcida dava a maior força, tudo com muita animação e respeito. A cada investida ao ataque, os pais-torcedores iam ao delírio nas arquibancadas.

Para animar ainda mais o ambiente, Kauã Miranda abriu o placar para o Taguatinga, aos 5’40. O jogo pegou fogo a partir daí, pois a AJJR/APB não se intimidou e buscou o empate, que veio aos 8’, com Bernardo Folha.

Com um futsal de altíssimo nível, as duas equipes lutaram muito para mudar o placar no primeiro tempo, mas o mesmo insistiu no 1 x 1.

Na volta para o segundo tempo, o time do Taguatinga veio mais concentrado, com jogadas mais rápidas, e levava perigo à defesa da AJJR/APB a todo tempo.

Até que Márcio Aragão, aos 22’11, ampliou para o Taguatinga e correu para a torcida. Não demorou muito e Kauã Miranda batizou novamente as redes do adversário, marcando o terceiro gol de sua equipe. Taguatinga 3 x 1.

Porém, a equipe da AJJR/APB continuou lutando em busca do gol, porque somente a vitória importava, uma vez que o Taguatinga jogava pelo empate, por ter a melhor campanha na fase classificatória. E foi com essa garra que Mateus de Brito encontrou o caminho do gol, aos 27’53.

Coube à equipe do Taguatinga marcar em cima, o que dificultou as ações do adversário, e segurar o placar até o apito final: Taguatinga 3 x 2 AJJ/APB. A vitória deu à equipe o título de campeão da Taça Brasília de Futsal 2019 – categoria Sub-11 Masculina.

O Taguatinga ficou também com o troféu de defesa menos vazada e Akiles Cruz (Taguatinga) dividiu a artilharia com Bernardo Kaver (Iate Clube), ambos com 11 gols assinalados.

Cláudio da Luz: uma história de amor ao futsal do DF

Além das finais das categorias Sub-11 e Adulto Masculina da Taça Brasília de Futsal, o ginásio do Cruzeiro foi palco de grandes emoções, com a presença de um dos fundadores da Federação Brasiliense de Futebol de Salão (FEBRASA), o sr. Cláudio da Luz.

Quando a figura ilustre entrou no ginásio, a emoção veio à tona. Personagens do futsal que se encontravam no local e que tiveram a honra de conviver com o “homem carismático” da Febrasa de todos os tempos iam ao seu encontro para registrar o momento.

A cada um que ele encontrava, seus olhos marejavam. Houve momentos marcantes em que as lágrimas caíram com vontade. Em um deles, quando encontrou o dirigente da equipe AJJR Futsal, o Sr. Alex Borges. Não foi diferente quando se deparou com o diretor de arbitragem da Febrasa, Átila Morais. E a cena se repetiu quando o técnico do Brasília Futsal/Icesp, Mistura, o apresentou à nova geração (equipe campeã da categoria Adulto Masculina).

Mistura, técnico da equipe da categoria Adulta Masculina do Brasília Fujtsal/Icesp, e Cláudio da Luz

Em meio às emoções e reconhecimento, foi Cláudio da Luz, figura ilustre, de 86 anos, que naturalmente brilhou mais que todos no evento da Febrasa.

Segundo Cláudio da Luz, o momento foi ímpar. “Entregar as premiações foi uma emoção muito grande. Aquele time que foi campeão da Adulto (Brasília Futsal/Icesp) nem me conhecia. O Mistura é que falou um bocado sobre mim e eles me aplaudiram. Foi uma emoção muito grande”, lembra.

Ele conta que não participava de um evento da Febrasa há uns cinco anos. E, para quem viveu para a Federação Brasiliense de Futsal – foi presidente, vice-presidente, árbitro, diretor de arbitragem, diretor técnico, superintendente administrativo, dentre outras funções, de 1964 a 2014 – passou um filme na cabeça. “Minha vida toda foi na federação. A Federação foi minha vida. E entregar uma premiação de um campeonato que eu criei é emocionante demais”, frisou o eterno presidente.

Para ele, o dia foi perfeito. “Encontrar o Alex, que é um grande amigo meu, foi muito bom. Ele faz um trabalho fantástico. Pegar aquela garotada e fazer o que ele faz é impressionante. Encontrar o Hélio Santos, que conheço desde novo. O Jonas Figueiredo, que era moleque. Agora, estão todos velhos, que nem eu…”, risos.

 “Quero agradecer a vocês pela oportunidade de fazer a entrega da premiação, principalmente para os garotos e depois para os adultos. Boa parte do time do Alex me conhece, mas o que foi campeão (Brasília Futsal/Icesp) não me conhecia”. E se despede: “Até qualquer dia nas quadras. Quero voltar mais vezes”.

Encontro entre o passado e o presente

A história de trabalho e dedicação de Cláudio da Luz pelo futsal do Distrito Federal no período em que esteve à frente da Febrasa não passou despercebido pelo atual presidente da entidade, Paulo César Bulhões Wassouf.

Paulo Bulhões, presidente da Febrasa, Cláudio da Luz, e Átila Morais, diretor de Arbitragem

O encontro entre as duas gerações também foi marcante para o atual presidente. Paulo Bulhões fala dos desafios atuais à frente da entidade máxima do futsal no DF e das perspectivas para o futuro. “Nesse final de semana especificamente (29/6), tivemos a maravilhosa surpresa com a visita de uma pessoa ilustre que conheci nessa data, o Sr. Cláudio da Luz, o presidente que fundou a Febrasa, entidade oficial, respeitada e gestora do futsal no DF que, mesmo enfrentando dificuldades, vem, constantemente, se aprimorando em prol do esporte local e nacional”.

De acordo com Paulo Bulhões, foi muito especial conhecer Cláudio da Luz. “Foi muito interessante ouvir algumas passagens. Isso nos faz alimentar a vontade de continuar na busca de melhorias nos tempos modernos.Vejo que meus desafios são ainda maiores, pois o esporte é para sempre. As vivências, aprendizagens, amizades, crescimento são para qualquer situação, porque o esporte bem praticado é fonte saudável”.

E completa:Me considero com grande responsabilidade estar como presidente desta Federação (2016/2020). Iniciamos o mandato com muita dificuldade, situações específicas, rotinas por ajustar. Eram e ainda são muitos os desafios e batalhas, quase que diários, e que envolvem pessoas, equipes, atletas, comissões, objetivos, planos, sonhos, tudo com disciplinas, regras, respeito ao próximo. Mas tudo isso são experiências que se somam às que adquiri nos meus 50 anos de idade, com muita luta e persistência que mantemos em nossos trabalhos corriqueiramente”.

Finais

Quanto aos jogos da Taça Brasília de Futsal, o presidente Paulo Bulhões enaltece a lisura das partidas. “Tivemos excelentes jogos de semifinais e finais, disputados com muita garra dentro de quadra. Esse cenário tem abrilhantado a modalidade, independentemente do vencedor no placar”.

Segundo Bulhões, o importante é dar continuidade aos bons trabalhos. “Todos buscam por vitórias, mas os sonhos no esporte, acredito eu, tais quais o caminho que o ilustre Cláudio da Luz trilhou por alguns longos anos, isso se perpetuará e estará registrado na história da Febrasa”.

Para fechar, o presidente enaltece o trabalho dos amantes da modalidade: “Parabenizo todos: minha diretoria, os atletas de todas as categorias, as comissões técnicas, dirigentes, torcedores, todos que amam o esporte, igualmente a mim e ao Sr. Ilustre e professor Claudio da Luz”, comenta o atual presidente da Febrasa.

A Taça Brasília de Futsal é organizada pela Federação Brasiliense de Futebol de Salão (Febrasa), única entidade filiada à Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS).

A competição tem o apoio da Luart Calçados, Dom Badu Pizzaria, Fokkus Trade Hospitalar, Fokkus Gestão Esportiva, Rádio DF FM, 107 Burger e Viver Sports.

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

Close