Share

Timão cobra desempenho de Pato

Provável titular contra Vitória e Fluminense, atacante terá nova chance de se redimir. Até agora, tem sido alvo de desconfiança e questionamentos. Foto: corinthians.com.br
Provável titular contra Vitória e Fluminense, atacante terá nova chance de se redimir. Até agora, tem sido alvo de desconfiança e questionamentos. Foto: corinthians.com.br

O atacante Alexandre Pato convive com a insatisfação da torcida e a própria cobrança interna pelo rendimento abaixo do esperado em seus primeiros meses de Corinthians. Após 34 jogos e dez gols com a camisa alvinegra, a diretoria considera que o período de adaptação já está em seu fim. Agora, é hora de o reforço de R$ 40 milhões render mais dentro de campo. Ele terá chances contra Vitória, neste domingo, e Fluminense, na quarta-feira, já que Guerrero foi convocado para a seleção peruana.

O Corinthians trata o jogador com cautela e o preserva diante de críticas externas e vaias da torcida. O gerente de futebol Edu Gaspar entende que o retorno ao Brasil nunca é fácil – ainda mais no caso de Pato, que passou cinco anos no Milan e sofreu com lesões. O próprio Edu viveu essa experiência, já que jogou por Arsenal e Valencia. Por isso, ele é o membro da diretoria que melhor entende o atacante. Mesmo assim, acredita que chegou a hora de Pato deslanchar de vez.

– Considero seis ou sete meses um período de adaptação saudável para um atleta que ficou muito tempo fora. O Pato veio com esse histórico de lesões, então seis, sete meses, é um bom período. A partir de agora, ele vai começar a evoluir cada vez mais e ter mais minutos em campo. Esperamos que seja assim – admitiu Edu.

O dirigente listou uma série de dificuldades que o atacante encontrou em seu retorno ao futebol brasileiro. Aos poucos, porém, Pato tenta se adaptar à nova realidade e ao esquema tático do técnico Tite, jogando como segundo atacante, aberto pela esquerda, ou centralizado, como fará no lugar de Guerrero.

– Daqui em diante, ele pode render cada vez mais. Já passou por todos os estágios e está pronto para evoluir com todos os atletas. É difícil mensurar as dificuldades de quem volta ao Brasil. É esquema de jogo, gramado, árbitro, tudo diferente. Isso é só com o tempo. Os atletas também precisavam conhecê-lo. Agora é outro estágio – destacou Edu.

Nos treinos, Pato tem mostrado maior intensidade, correndo bastante, fazendo gols e deixando o campo extenuado. Após ser novamente criticado no empate por 1 a 1 com o Santos, quarta-feira, na Vila Belmiro, ele se vê de frente para uma nova chance de engrenar com a camisa do Corinthians. Fonte: globoesporte.globo.com

 

Deixe um comentário