Share

Tubarões do Paranoá é campeão da natação nas Olimpíadas de Ceilândia

No sábado (10), aconteceu no SESC Ceilândia a última etapa do revezamento da Natação na IX Olimpíadas de Ceilândia. Após mais de 6 horas divididas em duas etapas, o time Tubarões do Paranoá foi o grande campeão, seguido por Garra Aquática e em terceiro lugar a equipe do Centro Olímpico.

A competição reuniu quatro escolinhas de natação do DF, que deram o seu máximo dentro da piscina para a conquista do título. Abaixo confira algumas informações de cada escolinha:

Os campeões, Tubarões do Paranoá, existe a mais de 10 anos, criado por um grupo de militares dos bombeiros com o intuito de treinamento da natação em águas abertas. Hoje além da natação, eles treinam triátlon.

No segundo lugar, o time do Garra Aquática existe a mais de 10 anos, criado por um grupo de atletas de várias partes de Brasília com intuito de participar das provas de revezamento. Os atletas treinam em vários locais e por meio de redes sociais marcam encontros e campeonatos em todo o DF.

Na terceira posição, a equipe do Centro Olímpico foi criada a mais de 5 anos por um grupo de professores que trabalhavam no centro olímpico do Setor O. O intuito era poder participar das competições como equipe individual sem a necessidade de encaixar seus atletas em outras equipes.

Para a coordenadora da Natação nas Olimpíadas de Ceilândia, Juliana Lucena, os atletas que não competiam a muito tempo puderam matar a saudade das águas e abrilhantaram bastante as Olimpíadas de Ceilândia. “Os atletas estavam sem participar de competições a mais de 1 ano. E, na primeira etapa foi um mix de emoções por parte da organização e de todos os atletas e técnicos das equipes.

A realização da IX Olimpíadas de Ceilândia conta com parceria da Secretaria de Esporte e Lazer, por meio de termo de fomento no valor de R$ 513.424,91 (quinhentos e treze mil, quatrocentos e vinte e quatro reais e noventa e um centavos) e será utilizado para apoiar a estrutura do evento como locação de palco e banheiros, equipe de arbitragem e coordenação e organização, premiação como medalhas e troféus, material esportivo como redes, bolas, camisetas, serviços de staff e brigadistas, sonorização e itens relativos aos protocolos de segurança contra o Covid-19, como álcool em gel, termômetros e totem dispensador de álcool em gel.