Share

Virada para o título

Asa Branca vence o Maranhão por 2 x 1 e sagra-se campeão do amador do Cruzeiro

Quando a rivalidade é grande, o confronto fica melhor ainda. Foi assim o duelo decisivo do Campeonato de Futebol Amador do Cruzeiro, organizado pela Liga Desportiva do Cruzeiro (Lidesc), em que o Asa Branca bateu o Maranhão por 2 x 1, de virada, e conquistou o título da competição.

O confronto entre Asa Branca e Maranhão, domingo (11), no estádio do Cruzeiro, lotou as arquibancadas e deixou a galera bem apreensiva, do início ao fim da partida. As equipes se estudavam bastante, mas, passados os primeiros minutos, o que se assistiu foi um jogo franco, como investidas perigosas de ambas as equipes.

Com excelente atuação dos dois goleiros, o primeiro tempo terminou empatado em 0 x 0. A torcida fazia a festa do lado de fora e dava a certeza que iria fazer mais barulho ainda até o final.

Na volta para o segundo tempo, nervos à flor da pele e o indicativo de que o jogo iria pegar fogo. E quem incendiou a partida foi o Maranhão, que logo no início da etapa final abriu o placar.

A partir de então, a torcida do Asa Branca pedia ao técnico Rará o craque Ronaldinho (Cláudio William). E os pedidos começaram a virar ordem, até que Rará atendeu os torcedores e colocou mais fogo à partida.

Não demorou muito para Ronaldinho empatar a partida, com golaço de fora da área. Com a igualdade no placar, o clima, que já estava pegando fogo, esquentou mais ainda.

O jogo continuou bem pegado, com as duas equipes chegando ao ataque, mas o Asa Branca foi mais eficiente e, a cinco minutos do fim da partida, Aleff virou o placar: 2 x 1. Restou apenas esperar o apito final para comemorar o título de campeão com sua torcida.

Além do título, o Asa Branca ainda viu o goleiro Léo levantar o troféu de goleiro menos vazado.

Luciano comandou o apito, com a assistência de Leandro (Barriga) e Ocivan.

A competição é organizada pela Liga Desportiva do Cruzeiro (Lidesc), com o presidente Júlio Nascimento, o Julião, e contou com o apoio da Administração Regional do Cruzeiro e do administrador Reginaldo Sardinha.