2013Editorial

“Xodós” do tatame fazem bonito

katia-editorialSempre que tenho a oportunidade de pautar ou mesmo resgatar a história de algum lutador do Distrito Federal, surpreendo-me com algumas colocações que ouço. Até mesmo de pessoas bem próximas, como colaboradores do jornal ViverSports. Acho até engraçado quando um comenta: “aquele menino, pequenino, que você gosta muito”. Lembro-me logo: É Pedro Henrique, aluno da Academia Leão de Judá, em Ceilândia.

Mas como não gostar, gente, desse pequeno, de apenas 10 anos, e que vem encantando nos tatames? Não tem como, até mesmo pelo carinho que ele tem com o ViverSports. Domingo (18), ele participou da Copa Bazlândia de Jiu-Jitsu e foi campeão em sua categoria. Logo em seguida, o pai liga para contar o feito e o coloca para conversar comigo. Ofegante ainda, mas feliz pela conquista, senti em sua voz um respeito muito bacana e uma satisfação enorme por estar dividindo seu momento tão ímpar comigo. Parabenizo-o, também emocionada e feliz, e termino a ligação com os olhos cheios de lágrimas.

Pode parecer bobeira, mas fiquei muito grata pela ligação e por ser a pessoa que Pedro Henrique também quis dividir seu momento. Parabéns, garoto, você vai muito longe!

Outro que também dizem que é meu “xodó” é Diego Almeida. É, sim, e não escondo. Gosto muito desse talento dos tatames. Jovem, educado, batalhador e muito, mas muito esforçado. Tem muitas conquistas ainda pela frente e não tenho dúvida de seu mérito. Da mesma forma e na mesma competição, domingo, foi campeão em sua categoria e no Absoluto. Logo em seguida, também tive a oportunidade de falar com ele. Não tenho palavras para expressar minha felicidade. Fiquei bastante contente, afinal, conferi um de seus melhores momentos.

Tem outros atletas dos tatames que vão aumentando essa lista. Há poucos dias, contei um pouco da trajetória de Amauri Fonseca, Heitor Braga e Christiano Gorsky. O último virou amigo e colaborador. Tem me apresentado outras tantas belas histórias no jiu-jitsu, que somos capazes de passar horas conversando sobre o assunto.

Christiano também virou xodó e tenho certeza que o próximo é Kalvin Clay, apresentado há pouco, por Gorsky, cuja história contaremos em breve.

 

Tags
Mostrar Mais

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Kátia e Itamar;
    Fico feliz com o sucesso da Revista. Uma publicação, seja mensal, quinzenal ou semanal é sempre uma grande mão de obra. É matar tipo 10 leões por dia para levar o material às bancas.
    Saúde para a Viver Sports e para essa dupla genial e tão querida do amigo que não lhes esquece,

    Marcos Moraes

  2. Querido amigo!

    Muito obrigada pelas palavras carinhosas. Você sabe o quanto seu apoio e carinho nos dão forças para seguir em frente. Com essa, só indo a Belém para tomar um tacacá com você. Saudades!

    Kátia Sleide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close