Cidades

Agnelo orienta e BRB reduz taxas de juros

O governador está atento às necessidades da população do DF
Banco estendeu acesso ao crédito consignado para servidores públicos federais, com desconto em folha

Em cumprimento à orientação do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, o Banco de Brasília (BRB) reduziu suas principais taxas de juros. A medida beneficia, principalmente, servidores públicos que terão melhores condições para contrair empréstimos consignados: o menor percentual descontado em folha agora é de 0,74% ao mês. A linha de crédito consignado, antes exclusiva para os funcionários do GDF pagos pelo banco, agora também está disponível aos servidores da União.

“Estamos seguindo uma tendência do governo federal. É uma questão de sobrevivência manter e atrair mais clientes. Mas o BRB oferecerá taxas imbatíveis”, garante o governador Agnelo Queiroz, que solicitou, há cerca de 20 dias, a elaboração de estudos técnicos para viabilizar a redução de juros do banco. Desta forma, o BRB, que já vinha praticando baixa de juros desde o ano passado, empenhou-se para reduzir ainda mais os percentuais cobrados dos clientes.

“Fomos o primeiro banco brasileiro a cumprir a orientação do governo federal para reduzir os juros. Esse movimento é saudável e beneficia, diretamente, o cliente”, destaca o presidente do banco, Jacques Pena. “O servidor público será o principal beneficiado. Temos 200 mil correntistas que são funcionários públicos”, completa.

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *