GUSTAVO FERRARI

0
36

Desde muito cedo, Gustavo Ferrari já mostrava sua paixão pelo futebol. Mas foi no Gênesis Futsal, aos sete anos, que ele começou a brilhar. Com apenas dois meses de escolinha, foi convidado pelo professor André Parente a participar de um torneio, em Minas Gerais, em que foi artilheiro da competição.

Gustavo passou também pelo Brasília Futebol Academia, Asbac Futsal e considera as agremiações importantíssimas em sua carreira. “Os técnicos dessas escolas sempre me ajudaram e fizeram um excelente trabalho comigo”.

Atualmente, com 14 anos, integra as equipes Escola Franciscana Fátima e Meninos da Vila-DF (Santos). “Desde o início do ano, Gustavo treina conosco. Ele é um atleta diferenciado. Por onde passa, é artilheiro. Além disso, é um garoto excepcional e temos muito orgulho de tê-lo no grupo”, diz Flávio.

Pelo Brasília Academia, foi campeão das copas de Jataí e Agap. Na última, levantou troféu de artilheiro. Com o Santos, conquistou o título invicto da Copa Guará-SP, e da HC. Também foi artilheiro nas duas competições.

A família não duvida do sucesso do garoto no futebol, mas cobra muito sua dedicação aos estudos. A mãe, Mércia Ferrari, pega pesado. “Não abrimos mão dos estudos. Sei que ele pode ter alguma dificuldade, mas sem estudo, não há futebol”. O pai, Carlai Andrelino, compartilha da mesma ideia. “Sabemos que o futebol é o sonho dele, mas não o dispensamos, de forma alguma, da dedicação aos estudos”.

Nos últimos tempos, algumas oportunidades rondam a família de Gustavo Ferrari. Em 2011, foi convidado pelo Vasco da Gama (RJ) a integrar a equipe principal de futsal. Ele não foi porque a família encontrou dificuldade de moradia. Logo em seguida, o Bangu também se interessou. Em fevereiro deste ano, fez testes no Flamengo e foi aprovado, inicialmente. O retorno está previsto para o fim de julho.

Gustavo Ferrari tem estrela. Além de todos os atributos em quadra e em campo, conta com uma base familiar excelente e professores de ponta (passado e presente). Só resta torcer para que sua carreira decole e ele seja mais um atleta do DF a brilhar pelos campos do mundo.

 

[nggallery id=127]

Artigo anteriorViver Sports Edição 46 – 18/07/2012
Próximo artigoEm memória do futebol gamense
Viver Sports
A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui