FutebolPrincipais

Mais de R$ 3 milhões para troca do piso de 9 campos sintéticos

Medida beneficia unidades como as de Brazlândia, Estrutural, Recanto das Emas, Gama e Santa Maria

A Secretaria de Esporte e Lazer do (SEL) investiu R$ 3,2 milhões na reforma de nove campos sintéticos de futebol. Do total de unidades, já contam com medidas oficiais para campeonatos de futebol amador os campos da Vila Telebrasília (Plano Piloto), da Quadra 120 de Santa Maria Norte, da Quadra 310 (Área Especial/Samambaia) e da Quadra 6/18, no Setor Leste de Planaltina. Os demais campos estão nos centros olímpicos e paralímpicos (COPs) de Brazlândia, Estrutural, Recanto das Emas, Gama e Santa Maria.

Os recursos investidos na reforma são originários de emendas parlamentares e recursos destinados pelo Conselho de Administração do Fundo de Apoio ao Esporte. Os campos, em geral, têm capacidade para atender cinco mil pessoas. Os COPs reúnem, em média, 4 mil alunos. No COP do Recanto das Emas, o futebol society, jogado no campo sintético, é a segunda modalidade mais procurada para a prática esportiva.

A vice-coordenadora do COP do Recanto, Marcelina de Jesus Marques,  disse que o futebol atende crianças e adolescentes de 9 a 17 anos, bem como adultos de todas as idades que praticam a modalidade à noite. São oito turmas, divididas em três turnos, cada uma com 25 alunos, totalizando 200 praticantes da modalidade.

“A demanda é grande”, conta a gestora. “Temos fila de espera para jogar futebol. As crianças das escolas públicas têm prioridade, assim como as que fazem parte do cadastro único”. De acordo com a gestora, a maior procura é pelas turmas da manhã e da tarde – à noite, são duas turmas.

O professor Fernando Barbosa acompanha de perto a troca do piso sintético da quadra de futebol. “Os meninos estão bem ansiosos, esperando pelo piso novo”, diz. “O futebol society, juntamente com a piscina, faz parte do nosso carro-chefe”.

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site