EsportesLutasMais EsportesPrincipais

Maria Portela anuncia aposentadoria do judô de alto rendimento

Atleta deixa os tatames após 15 anos dedicados à seleção

Um dos principais nomes do judô feminino brasileiro, Maria Portela anunciou nesta quarta-feira (1) que está deixando os tatames. Após 15 anos dedicados à seleção brasileira, a atleta de 35 anos, que participou de três edições dos Jogos Olímpicos (Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020), conquistou várias medalhas em competições de âmbito mundial e chegou à liderança do ranking mundial da Federação Internacional de Judô em 2018, decidiu se dedicar a novos projetos.

“Vivi intensamente minha carreira como atleta de alto rendimento e chegou o momento de encerrar essa etapa. Não ter conseguido o resultado no último Mundial, após passar por lesões, cirurgia, os altos e baixos, enfim, um conjunto de situações que foram me levando a tomar essa decisão. Agora vejo que preciso botar a faixa branca novamente e viver novos desafios”, declarou a atleta à assessoria de comunicação da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Segundo Maria Portela, uma coisa é certa, o seu futuro não será distante do judô, modalidade que lhe ofereceu muitas experiências positivas: “Tenho muito a aprender, mas não quero sair de tudo o que esporte me proporcionou. Como atleta, é um dever repassar isso. Me vislumbro como treinadora, por exemplo. Fiz recentemente um curso em coaching, uma mentoria para trabalhar questões emocionais, pois vivi esse processo como atleta, de saber como resolver os problemas internos para performar. Estou pronta para os desafios e muito motivada para o desconhecido. Isso me traz a certeza de que concluí o ciclo como atleta de alto rendimento”. (Da Agência Brasil)

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site