Mais EsportesPrincipais

Visita técnica avalia candidatura de Brasília aos Jogos da Juventude 2025

Resultado da proposta será oficializado pelo Comitê Olímpico do Brasil até a abertura dos Jogos da Juventude desse ano

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Esporte e Lazer do Distrito Federal (SEL-DF), reforça a candidatura de Brasília como sede dos Jogos da Juventude 2025. O diretor de Desenvolvimento Esportivo do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Kenji Saito, e o gerente de Esporte e Juventude, Daniel Santiago, realizaram visita técnica na cidade com o objetivo de avaliar os espaços indicados pela pasta para receber as competições.

Os representantes foram recebidos pelo secretário de Esporte e Lazer, Julio Cesar Ribeiro, que também se reuniu com o secretário de Turismo, Cristiano Araújo, e com a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. Durante os encontros, foram discutidas diversas tratativas em relação à candidatura da capital para sediar os jogos.

“Foi com muita alegria em que recebemos os representantes do COB aqui na cidade. Isso demonstra que estamos no caminho certo para mantermos a candidatura de Brasília aos Jogos da Juventude 2025”, declara Ribeiro. “Este é o tipo de evento que gera grandes resultados para cidade, como o fomento da economia e a geração de emprego e renda. Quando uma cidade sedia um evento desse porte, quem ganha é o governo como um todo e a própria população”, conclui.

Os Jogos da Juventude envolvem mais de 6 mil pessoas em um período de 15 dias de evento. Um dos pilares para a definição da sede é a capacidade hoteleira da cidade, que precisa ser estruturada para comportar um evento dessa magnitude. “Brasília está pronta para receber grandes acontecimentos esportivos nacionais e internacionais. Temos uma rede hoteleira com mais de 30 mil leitos, um aeroporto com conexões para todos os estados, o terceiro polo gastronômico do país, além de áreas adequadas para a prática esportiva, como o Lago Paranoá e o Parque da Cidade, considerado o maior parque urbano da América Latina, entre outros. Em Brasília, respiramos esporte”, disse o secretário de Turismo, Cristiano Araújo.

Em 15 de abril, o GDF, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, formalizou a candidatura da capital para sediar o evento. Tombada como patrimônio cultural da humanidade, Brasília oferece boas rotas turísticas e um museu a céu aberto, além de ser composta por uma vasta rede hoteleira e dispor do maior parque urbano do país – o Parque da Cidade – e da segunda maior malha cicloviária entre as unidades da Federação: são 633,496 km, atrás apenas de São Paulo.

Brasília já recebeu três edições dos Jogos da Juventude. Uma das diretrizes do COB para a organização do evento é oficializar a cidade sede com dois anos de antecedência. Este ano, os jogos serão realizados em Ribeirão Preto (SP) e, em 2024, é a vez de Blumenau (SC) sediar as competições.

“Recebemos com muita alegria o interesse de Brasília ser sede mais uma vez em 2025. A cada ano que passa queremos realizar uma edição melhor e não será diferente nos próximos anos. Ribeirão 2023 e Blumenau 2024 têm um grande desafio pela frente e eu não tenho dúvidas que a definição com antecedência da sede de 2025 proporcionará tempo suficiente para o planejamento de um evento de excelência”, afirma o diretor de Desenvolvimento Esportivo do Comitê Olímpico do Brasil, Kenji Saito. O resultado da candidatura será oficializado pelo COB até a abertura dos Jogos da Juventude desse ano, em outubro, em Ribeirão Preto. (Com informações da SEL-DF)

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site