Mais EsportesPrincipais

Patins Street: manobras, obstáculos e muita diversão

Uma das modalidades mais radicais, o patins street consiste em manobras em obstáculos de pista ou rua, com patins reforçado e preparado para isso. Em competições em geral, o grau de dificuldade das manobras e a boa execução delas são os principais critérios de avaliação.

A modalidade estará presente nas Olimpíadas de Ceilândia pela terceira vez. Mas é praticada na cidade desde a década de 1990, conta Walisson Rocha Fidelix, 39 anos.

“Patino desde nove anos de idade. Comecei por meio de um projeto da pista da Praça dos Eucaliptos, em Ceilândia Norte”, conta.

Fundador do grupo Patinadores do Gueto, há muitos anos, Walisson fomenta eventos voltados a todo tipo de patinação.

O coordenador já participou e ainda participa de várias competições locais e também fora do DF e destaca que foi campeão Centro-Oeste em 2018.
“Posso dizer que sou um dos pioneiros da modalidade”.

A 10ª Olimpíadas de Ceilândia será mais um evento oportuno para estar perto de destaques de renome. “Temos grandes nomes de Ceilândia que brilham na modalidade, como Washington, o Wanderson 15, DJ Tubarão, Ricardo, Cláudio, Wansley. São vários nomes, como os meus tutores Erisvaldo Neres e Chiquinho, que foram realmente os que me apresentaram o esporte como estilo de vida”.

Nessa modalidade, sempre vêm pessoas de todos os estados. O coordenador elenca os Top 5 das Olimpíadas de Ceilândia: “Rafael Marra, Carlos Orelha, Elito O Jogador, Cris, Carlinhos Marra. Estes foram os que mais estiveram no pódio”, conta.

Para Walisson, a modalidade lhe trouxe aprendizado, disciplina, dedicação e foco. Mas, segundo ele, a patinação também serviu e serve como apoio psicológico diante de situações mais delicadas. “Quando minha mãe esteve doente, foram os patins que me ajudaram, tanto na questão financeira quanto também me aproximou de amigos e também auxiliou mentalmente”.

Considerando todos os benefícios que a modalidade traz, Walisson Rocha Fidelix finaliza fazendo um convite: “Você que nunca praticou, posso dizer que nunca é tarde para começar a se divertir sobe rodinhas”.

PERFIL
Walisson Rocha Fidelix,39 anos, nasceu em Ceilândia e ainda mora na cidade. Participou de um projeto na pista localizada na Praça dos Eucaliptos, em Ceilândia. É fundador do grupo Patinadores do Gueto; também foi campeão do Centro-Oeste, em 2018.

APOIO/PATROCÍNIO
Nesta edição, a competição conta com os seguintes apoios/patrocínios:
– Senadora Leila Barros R$ 325.000;
– Acic/Sesc Mesa Brasil: 2.540 lanches;
– Administração Regional de Ceilândia
Espaços: SESC, UCB, CED 16 – QNQ, CEM 03 – Ceilândia Sul, Escola Parque de Ceilândia e JK Shopping.

Viver Sports

A voz do esporte amador no DF e Entorno, chega a versão 2.0 de seu novo Site